NOTÍCIAS

TRE REJEITA PEDIDO DE CANDIDATURA DE GESSY

CANDIDATA DO PSC AO GOVERNO DO PIAUÍ TEM PEDIDO DE CANDIDATURA NEGADO E PODE DESISTIR DA DISPUTA

12/09/2022 18:36

Em sessão realizada nesta segunda-feira (12/09) o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do Piauí indeferiu o registro de candidatura de Gessy Lima (PSC) ao Governo do Piauí. A candidata e seu partido tiveram seu pedido de candidatura negados por conta de irregularidades no Demonstrativo de Atos Partidários (DRAP) que motivaram o pedido de impugnação da candidata pelo primeiro-tesoureiro do diretório do PSC, João Lennon Oliveira, e pela advogada e candidata ao Governo do Piauí, Ravenna Castro (PMN).

Candidata do PSC ao Governo do Piauí pode desistir da campanha ou anunciar apoio à outra candidatura (foto: Jailson Soares/ PD)

Segundo os denunciantes, a candidata Gessy que também é presidente do PSC Piauí não teria notificado os membros do partido sobre a convenção partidária de homologação da candidatura, e ainda, apresentado atas com dados conflitantes à Justiça Eleitoral.

Durante o julgamento, o procurador eleitoral Marco Túlio Lustosa Caminha do Ministério Público Eleitoral (MPE), emitiu parecer favorável à candidatura. “Deve ser deferido por não ter ausência das condições de inelegibilidade. O único óbice para o deferimento é, simplesmente, o indeferimento do Drap, como já foi decidido por esta Corte. Fica suspenso até o trânsito em julgado”, analisou o procurador.

O juiz Charles Max foi o relato do processo e concordou com o parecer do MPE e destacou que o indeferimento da candidatura é fruto das irregularidades no DRAP. Apesar da decisão, a cândida Gessy Lima poderá continuar sua campanha e recorrer ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

SEM RECURSOS PARA CAMPANHA

O PSC da candidata negou o envio de fundo partidário para campanha da candidata Gessy Lima. Segundo o próprio partido, o recurso só seria liberado se a candidatura dela fosse deferida pelo TRE-PI, o que não aconteceu.

Sem o deferimento, a candidata segue sem nenhum recurso para financiamento de sua campanha, o que poderá inviabilizar a continuidade dela na disputa nesta reta final de campanha que se encerra no dia 02 de outubro.

A candidata se reuniu ainda no fim da tarde desta segunda-feira (12/09) com sua equipe jurídica e anunciou que as 20h fará uma live em seu Instagram, comunicando se deve continuar na disputa e recorrer ao TSE, se irá desistir ou anunciar apoio à outro candidato. 

Comente