NOTÍCIAS

SENADORES QUEREM CPI CONTRA TERRORISTAS

MARCELO CASTRO DIZ QUE CPI PODE AJUDAR A DESCOBRIR QUEM ESTAVA FINANCIADO ATÉ OS CHURRASCOS DIÁRIOS DOS ACAMPADOS QUE INVADIRAM BRASÍLIA

12/01/2023 12:53

Senadores de todo país se reuniram com o presidente Lula nessa última quarta-feira (11) e analisam a possibilidade de abrir uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar mais profundamente os atos antidemocráticos realizados no dia 8 de janeiro em Brasília, bem como quem estava financiado todo o grupo de pessoas acampadas no local e em outros pontos do país.

No encontro, Senadores entregaram ao presidente decreto que aprova a intervenção na segurança pública do Distrito Federal (foto: rede social Marcelo Castro)

Por outro lado, a abertura de uma CPI pode fazer com que se descubra mais culpados pela insegurança no Distrito Federal e na sede dos poderes constituintes no dia do ato terrorista na capital Federal. Afinal de contas, a própria Agência Brasileira de Inteligência (ABIN) confirmou à vários veículos de imprensa que o Governo Federal, através do ministro da Justiça, Flávio Dino, foi avisado da possibilidade de ataques em Brasília, dois dias antes do ocorrido, mas nada foi feito para ampliar a segurança no local. Por enquanto, a culpa pela insegurança sobrou para o Governo do Distrito Federal, o que resultou numa intervenção federal que afastou o governador Ibaneis Rocha, por 90 dias.

CONTRAPONTO

Em entrevista para TV Meio Norte, o senador piauiense Marcelo Castro (MDB) disse que a CPI poderá ser votada e criada a partir do dia 1º de fevereiro quando assumirão os novos 27 senadores da república eleitos em 2022. “Acredito que a CPI será instalada e vai expor não só os que fizeram o dano, que foram para a linha de frente, como os que financiaram, esses acampamentos estão há quantos meses aí?", questionou. 

Para Marcelo Castro é preciso descobrir quem financiava os terroristas (foto: redes sociais Marcelo Castro)

O senador ainda destaca que é preciso saber quem estava pagando o churrasco para os acampados em Brasília. “Foram presos dizendo que não faltava comida, não faltava bebida, não faltava churrasco a todo dia a toda hora. Isso não cai do céu, não tá chovendo churrasco pra ninguém. Evidentemente, tinha alguém financiado”, indaga Marcelo Castro.

Para o parlamentar, uma comissão no Senado poder auxiliar na responsabilização dos culpados pelos ataques em Brasília. Para instalação de uma CPI se faz necessário a assinatura de 27 senadores dos 81 que compõe o senado Federal.

Comente