Prefeito Firmino Filho recebe título de Amigo da Maçonaria Piauiense

Na oportunidade também receberam o título de Amigo da Maçonaria Piauiense, o Major da Polícia Militar do Piauí, Gustavo Campelo e o Coronel Reformado da PM – PI, José Lucimar Oliveira

28/01/2020 19:35

Em reconhecimento aos relevantes serviços sociais realizados em Teresina, o prefeito Firmino Filho recebeu na noite desta segunda-feira (27), o título de Amigo da Maçonaria Piauiense, honraria concedida pela Loja Maçônica União Dr. Jacob Gayoso. O prêmio, que agracia personalidades que se destacam nos trabalhos políticos e sociais, faz parte da comemoração aos 71 anos da Loja.

O prefeito Firmino Filho ressaltou a importância de um título que valoriza aqueles que trabalham em prol da gestão pública. “Essa homenagem revela a generosidade de todos os maçons que fazem esta loja. Ao longo do tempo a gente tem buscado desenvolver uma amizade franca, direta e sincera com toda a sociedade teresinense, como também com as lojas maçônicas da nossa cidade. É sem dúvida, uma alegria muito grande estar com essa amizade registrada oficialmente”, disse o prefeito Firmino.

Para o mestre Antônio França, venerável da Loja União Dr. Jacob Gayoso, a escolha do prefeito Firmino para ser agraciado com a honraria é um homenagem à sua carreia política. “Essa é a nossa forma de parabenizar e reconhecer os trabalhos realizados pelo prefeito em todos esses anos. Pelo compromisso e respeito com a população e as instituições teresinenses. Para nós da Maçonaria é uma grande honra poder conceder essa homenagem”, afirma.

Na oportunidade também receberam o título de Amigo da Maçonaria Piauiense, o Major da Polícia Militar do Piauí, Gustavo Campelo e o Coronel Reformado da PM – PI, José Lucimar Oliveira.

Fonte:PMT

Notícias relacionadas
"ACHO QUE ELE ESTÁ ME DISPENSANDO"
JUÍZA NÃO ACEITA RELATÓRIO E QUER EXAMES DE BOLSONARO
JUÍZA NÃO ACEITA RELATÓRIO E QUER EXAMES DE BOLSONARO
ANDRÉ MENDONÇA É O NOVO MINISTRO DA JUSTIÇA
ANDRÉ MENDONÇA É O NOVO MINISTRO DA JUSTIÇA
SÉRGIO MORO DEIXA O GOVERNO
SÉRGIO MORO DEIXA O GOVERNO