FOLIA DOS DEPUTADOS AMEAÇADA

VOTAÇÃO DA REFORMA DA PREVIDÊNCIA PODE QUEBRAR TRADIÇÃO DE DEPUTADOS NORDESTINOS TEREM FOLGA NO PERÍODO DO SÃO JOÃO

08/06/2019 11:10 - Atualizado em 08/06/2019 12:08

Júlio César diz que vai pedir abono de faltas (Foto: Jailson Soares/PoliticaDinamica.com)

A votação da reforma da Previdência pode atrapalhar uma tradição dos deputados federais da região Nordeste. Normalmente, os parlamentares nordestinos têm suas faltas abonadas pela Câmara dos Deputados para participarem das festas de São João. Mas nesse ano, a intenção do governo federal e da própria presidência da Câmara é fazer com que todos eles estejam no Congresso Nacional para participarem da votação da reforma da Previdência.

No entanto, sem uma certeza absoluta de que a reforma realmente será pautada no período junino, os deputados nordestinos vão pedir para as faltas serem abonadas. De acordo com o deputado federal Júlio César (PSD), coordenador da bancada do Nordeste, o pedido de abono será feito, mas admitiu que existe um esforço muito grande das lideranças partidárias e do Governo para que todos estejam em Brasília discutindo a reforma da Previdência.

"Esse ano nós vamos fazer a mesma coisa [pedir o abono]. Agora o que está havendo? Um trabalho muito grande das lideranças de cada partido da base do governo, do próprio presidente da República, do presidente da Câmara, para que a gente esteja aqui todos os dias para votar matérias importantes, principalmente a reforma da Previdência", explicou.

Deputado federal João Campos, de Pernambuco (Foto: Câmara dos Deputados)

O deputado João Campos (PSB-PE) disse que se for preciso estará em Brasília, mas destacou que os festejos juninos são muito fortes no Nordeste. Na avaliação dele, o São João é mais forte do que o carnaval, quando os deputados não aparecem em Brasília. Filho do ex-governador Eduardo Campos, morto em acidente aéreo em 2014, João afirma que gosta de dançar forró com sua noiva, comer pamonha, canjica e milho assado no São João.

"Eu estarei aqui presente, já que a partir de terça-feira começa a nossa agenda em Brasília e eu tenho total disponibilidade, pois fui eleito para isso. Agora o São João é muito forte no Nordeste e chega a ser mais forte do que o Carnaval. Então é a mesma coisa de você cobrar presença durante segunda, terça e quarta-feira de carnaval aqui na Câmara. Eu gosto de dançar forró com minha noiva e também comer comida de milho, mungunzá, pamonha, canjica, milho assado e milho cozido. Tudo isso é bom demais", falou.

VIAGENS SUSPENSAS
A presidência da Câmara já informou que viagens oficiais de deputados em missões da Casa estão suspensas para não prejudicar o quórum este mês. Muitos entendem que isso vai dificultar a tradição do Legislativo de abonar as faltas dos deputados nordestinos no fim de junho, entre os dias 23, véspera de São João, e 29, dia de São Pedro. Esse ano, para variar, o feriado de Corpus Christi, dia 20, cairá numa quinta, o que fará alguns quererem emendar.

VOTA OU NÃO VOTA?
O presidente da Comissão Especial da reforma da Previdência, deputado Marcelo Ramos (PR-AM), disse que o calendário exato da votação ainda depende de acordos, mas que alguns dias podem fazer a diferença num tema tão importante para o país. Nesses alguns dias ele inclui datas que coincidem com as festas juninas na região Nordeste.

"Isso depende de quando eu vou receber o relatório do relator e do nível de acordo que será construído em torno desse relatório. Tendo um acordo mínimo e entregando até o início da semana, ainda podemos votar até o final de junho. Numa matéria tão sensível com essa e considerando o São João, um dia faz a diferença, quanto mais uma semana", disse.

Parlamentar do Ceará defende folga no São João (Foto: Câmara dos Deputados)

ATÉ O CUNHA LIBEROU
O deputado José Guimarães (PT-CE) espera que a Câmara seja flexível com relação ao recesso no período do São João. O petista lembrou que até mesmo na época em que Eduardo Cunha (MDB) era presidente da Câmara, os parlamentares nordestinos foram liberados.

"Nem na época do Cunha, que as pessoas tinham medo dele, eu não, mas outros tinham, se impediu que os deputados do Nordeste participassem das festas juninas. Elas fazem parte do calendário cultural do Nordeste brasileiro. Entre os dias 23 e 28 eu acho muito pouco provável. Minha pretensão é participar das festas, mas se pautar a reforma da Previdência estarei aqui. Não é o melhor caminho e vou lamentar não comer meu leitãozinho assado, o bolo, o aluá que é muito bom. Mas fazer o que, né? Eu sou parlamentar", finalizou.

Fonte: Rádio CBN

Notícias relacionadas
"ACHO QUE ELE ESTÁ ME DISPENSANDO"
JUÍZA NÃO ACEITA RELATÓRIO E QUER EXAMES DE BOLSONARO
JUÍZA NÃO ACEITA RELATÓRIO E QUER EXAMES DE BOLSONARO
ANDRÉ MENDONÇA É O NOVO MINISTRO DA JUSTIÇA
ANDRÉ MENDONÇA É O NOVO MINISTRO DA JUSTIÇA
SÉRGIO MORO DEIXA O GOVERNO
SÉRGIO MORO DEIXA O GOVERNO