NOTÍCIAS

DEPUTADO QUER SER SUPLENTE

PARLAMENTAR VAI DESISTIR DA REELEIÇÃO E FAZER CAMPANHA PARA O FILHO OCUPAR SUA CADEIRA NA CÂMARA

24/09/2021 12:12

A campanha eleitoral no Piauí promete renovação de alguns candidatos pelo menos na idade, já que alguns sobrenomes já conhecidos devem permanecer nas disputas de cargos para deputado, senador e governador. É o caso do deputado Átia Lira (PP) que anunciou em entrevista à imprensa que não pretende disputar a reeleição para deputado Federal em 2022, porém, deve apoiar o nome do filho Atíla Melo Lira na disputa à uma cadeira na Câmara Federal.

Deputado Federal Átila Lira (PP).

Em entrevista ao portal 180, o parlamentar disse que não vai abandonar a carreira pública, porém, deve atuar mais nos bastidores ou quem sabe até pleiteando uma vaga de suplente de senador na chapa majoritária da oposição liderada pelo seu partido o Progressistas.

Átila inclusive disse que só não vai disputar o senado porque sabe que a chapa precisa ter essa vaga aberta para acomodar novos aliados para fortalecer a campanha. A oposição avalia ainda nomes a serem colocados como pré-candidatos ao senado como o prefeito de Floriano Joel Rodrigues (PP), o ex-secretário de Educação de Teresina Kleber Montezuma (PSDB) e o ex-senador João Vicente Claudino (PTB).  

Ciro Nogueira, Átila Melo Lira (filho de Átila Lira) e o deputado Átila Lira

Além de se preocupar de quem poderá ser suplente, o deputado terá ainda a difícil missão de conquistar mais colégios eleitorais para candidatura do filho, tendo em vista que no pleito de 2018 foi o 10º candidato mais votado, com 54.095 votos, ficando com a última vaga para Câmara. Na época, disputou a vaga pelo PSB, partido ao qual foi expulso em 2019 após votar a favor da Reforma Previdência propostas pelo governo Bolsonaro.

Manifestantes protestam contra deputado em 2018.

Comente