NOTÍCIAS

CONFUSÃO PELOS ANIMAIS

VEREADOR BATE BOCA COM CARROCEIROS E TEM PROJETO RETIRADO DE PAUTA NA CÂMARA DE VEREADORES DE TERESINA

23/09/2021 09:42

Com dias com numa calmaria depois de meses com sessões da movimentadas pela CPI do Transporte Público que já se findou, a Câmara de Teresina voltou a ter discussões mais acaloradas nesta semana. Tudo porque a vereador Thanandra Sarapatinhas colocou em votação um projeto de lei de sua autoria que prevê auxílio de R$ 300 mensais para carroceiros deixarem de trabalhar durante os sábados e domingos dando assim dias de canso ao animal que puxa a carroça. Porém, o projeto é questionado pelos carroceiros que fizeram um protesto na manhã dessa quarta-feira (23) em frente à Câmara.

Carroceiros interditaram avenida Marechal Castelo Branco, em frente à Câmara, durante protesto. (foto: redes sociais)

Durante o protesto os manifestantes colocaram fogo em pneus e interditaram a avenida Marechal Castelo Branco logo no início da manhã, logo após, liderados pela presidente da Associação dos Carroceiros, Tina Lima, se reuniram com o presidente da Câmara, vereador Jeová Alencar (MDB), que prometeu retirar o projeto da previsão de votação dessa quarta. Antes disso, a vereadora Thanandra foi até os manifestantes e chegou a ‘bater boca’ com a presidente da Associação em frente casa legislativa.

“Vocês já escravizam os animais todo dia, colocam peso em excesso, chicoteiam. Quando o animal é atropelado ou se machuca vocês jogam fora e abandonam. Eu estou aqui na Câmara por eles, foram eles que me colocaram aqui. Eu não sou obrigada a ficar ouvindo vocês gritarem comigo, estou aqui para ajudar, principalmente eles [os animais] porque eles não têm voz”, disse Thanandra aos carroceiros.

Vereadora Thanandra discute com a presidente do Sindicato dos Carroceiros.

Na reunião dos carroceiros com o presidente Jeová Alencar ficou prometido a eles que a Prefeitura vai elaborar um novo projeto para contemplar a categoria com previsão de auxílio de R$ 600, para garantir bem-estar aos animais sem prejudicar a renda dos trabalhadores. Representantes da Prefeitura devem também se reunir com a categoria nesta quinta-feira (23) para ouvir as demandas dos trabalhadores.

A vereadora explicou que o valor proposto pelo Projeto de Lei de R$ 300 seria ainda analisado pela Prefeitura. “O valor seria definido pelo prefeito que estipularia se ia pagar esse valor por semana ou por mês. Porém, o que estou vendo é que os carroceiros querem é ganhar dinheiro até em cima dessa folga dos animais. Infelizmente, os animais não têm como protestar, mas eu estou aqui na Câmara pra isso para defender eles. Sei que é difícil, mas estou em busca de diálogo com os carroceiros para garantir melhorias e mais conforto aos animais”, explicou Sarapatinhas.

Já os carroceiros protestam pelo valor de R$ 300 porque dizem que é insuficiente por terem na carroça seu único “ganha pão” e nos fins de semana são os dias que mais lucram realizando serviços.  

Comente