NOTÍCIAS

CIRO NOGUEIRA ANUNCIA ADESÃO DE FÁBIO SÉRVIO

ALEGANDO POUCOS ALIADOS NO PODEMOS E FALTA DE ESTRUTURA, FABIO SÉRVIO DESISTE DA SUA CANDIDATURA PARA APOIAR JOEL RODRIGUES AO SENADO

29/08/2022 14:37

A briga por adesões políticas continua entre os dois grupos que lideram as pesquisas de intenções de voto para o Governo do Piauí e para disputa ao Senado. A chapa liderada pelo candidato a governador Sílvio Mendes (União Brasil) que tem como candidato ao senado Joel Rodrigues (PP), anunciou uma surpreendente adesão nesta segunda-feira (29/08).

Ciro convocou a imprensa para anunciara adesão de Gessivaldo Isaias, Doutor Gutemberg, Fábio Sérvio e lideranças de Bom Princípio e Marcos Parente (foto: Jailson Soares / PD)

Na sede do partido Progressistas em Teresina, o ministro-chefe da Casa Civil, Ciro Nogueira (PP), principal idealizador e articulador da chapa de Sílvio, chegou dirigindo uma van e trazendo segundo ele: “uma carrada de adesões à sua chapa”.

“Temos o prefeito de Marcos Parente, Dr. Gedison, que é do MDB. A vice-prefeita de Bom Princípio do Piauí (Jucilene do PL) a vereadora de lá (Noelia do PL).  O deputado estadual Gessívaldo Isaías (Republicanos), o doutor Gutemberg de Picos (candidato a deputado estadual) e o Fábio Sérvio (candidato ao senado do Podemos). Da próxima vez, vamos ter que vir num ônibus”, destacou Ciro Nogueira.

Ciro disse ter acordo com Fábio Sérvio antes do início da eleição no qual quem tivesse melhor colocado teria o apoio do outro (foto: Jailson Soares/ PD)

Dentre as adesões anunciadas, a mais surpreendente é a do agora ex-candidato ao senado Fábio Sérvio. Segundo o próprio ministro, logo em seu discurso para anunciar as adesões destacou que Fábio estava cumprindo um acordo feito no início do ano. “Falei com ele e acordamos que quem estivesse melhor colocado nas pesquisas já no mês final da eleição iria desistir da sua candidatura para apoiar o outro. E ele honrou com sua palavra (...). Agora vai coordenar a campanha de Joel”, disse Ciro.

Fábio Sérvio tem figurado com destaque na disputa ao senado, sempre aparecendo como terceiro colocado na disputa pelo senado. Porém, nas eleições de 2022 há somente uma vaga para um representante ao senado pelo Piauí que será daquele que conseguir mais votos.

Fábio Sérvio disse que apoio é só para Joel Rodrigues e ainda apoia Gessy Lima para o Governo (foto: Jailson Soares/ PD)

“Nesse momento, quero deixar claro, que nós continuamos com apoio a Gessy (candidata a governadora pelo PSC). Sempre formos oposição, a política é um jogo de xadrez, desde 2018, luto por uma renovação. Mas, nada pessoal contra o Wellington Dias (candidato a senador pelo PT), sempre foi meu principal adversário e acho que ele o principal adversário para o estado do Piauí. Eleição para o senado vence aquele que tem o maior número de votos. Eu tenho dificuldades partidárias, dificuldades de estrutura, por isso declinamos a candidatura a senado e apoiaremos o Joel que está em segundo”, destacou o empresário Fábio Sérvio.

O empresário disse ainda que é preciso unir forças para conseguir derrotar Wellington Dias. “Por entender a necessidade de desprendimento para que todos se unam para derrotar o símbolo maior de atraso no estado que é alguém que tá no poder há 20 anos, desde 2003, que é o Wellington Dias. Temos um bom desempenho nas pesquisas, mas em nome de um bem maior que o Piauí vamos aderir ao Joel”, ressaltou Fábio Sérvio.

Vale lembrar que além de Fábio Sérvio, uma das maiores lideranças do Podemos no Piauí, o ex-senador João Vicente Claudino, já havia anunciado adesão à campanha de Sílvio Mendes ao Governo. O ex-senador, também, já havia conquistado a adesão dos principais candidatos a deputado do Podemos para apoio a chapa de Sílvio Mendes.

Em julho, trio de políticos se uniu e disse que realizarão juntos o sonho de governar o Piauí (foto: Jailson Soares/ PD)

Fábio Sérvio deixou claro que, por enquanto, a adesão é apenas à campanha ao senado de Joel Rodrigues e que o apoio não se estende ao candidato ao governo Sílvio Mendes (União Brasil). Tendo em vista que ele apoia para o governo à candidatura de Gessy Lima (PSC). Sobre a possibilidade de Gessy desistir da campanha e apoiar Sílvio Mendes, o ministro Ciro disse apenas que “estamos conversando, é uma grande liderança, com uma candidatura legítima, temos que respeitar”, afirmou.

ADESÕES DE CANDIDATOS A DEPUTADOS

Além da comemorada adesão de Fábio Sérvio, o ministro Ciro Nogueira também destacou a adesão do deputado estadual Gessivaldo Isaias (Republicanos), da candidata a deputada federal Ana Fidelis (Republicanos) e do candidato a deputado estadual Doutor Gutemberg (MDB).  

Aliados chegaram juntos a sede do PP numa Vam guiada por Ciro Nogueira (foto: Jailson Soares/ PD)

“Gessivaldo é uma grande liderança, importantíssimo com o eleitorado evangélico, com um grande trabalho com os pescadores quando esteve na secretaria de Trabalho. Essas adesões são um caminho sem volta e ainda tem muita coisa para acontecer”, afirmou Ciro Nogueira.

O ministro enalteceu a adesão do candidato a deputado estadual Doutor Gutemberg, tendo em vista que o médico foi candidato a vice-prefeito de Picos, na chapa encabeçada por Araujinho (PT), que acabou derrotada pelo atual prefeito da cidade Gil Paraibano (PP). Araujinho é sogro do candidato a governador Rafael Fonteles (PT).

Sílvio Mendes disse que aliados querem um Piauí melhor (foto: Jailson Soares/ PD)

Comente