AGORA É BALA

DOUTOR PESSOA APERTA CERCO CONTRA POBRES QUE OCUPAM ÁREAS DA PREFEITURA E HOMEM LEVA TIRO DA GUARDA MUNICIPAL EM AÇÃO MAL PLANEJADA

Marcos Melo Marcos Melo
05/02/2021 11:21 - Atualizado em 05/02/2021 11:39

Embora ainda não tenha descido do palanque, o prefeito Doutor Pessoa (MDB) já mostra que na prática, “cuidar de gente” em Teresina vai ser bem diferente do que era vendido na campanha de 2020. Um idoso foi baleado pela Guarda Municipal durante uma ação de desocupação na Zona Leste da capital, ontem, quinta-feira (4).

Pessoa vai revelando como é que vai "cuidar de gente": homem foi baleado pela Guarda Municipal em desocupação de terreno da Prefeitura (foto: Jailson Soares | PoliticaDInamica.com)

Há uma semana, a Doutor Pessoa afirmou que invasões não seriam mais permitidas em Teresina e que usaria força policial para combater ocupações. No ocorrido de ontem, a PMT mentiu sobre a presença da Polícia Militar no local.

Segundo Nixon Frota, comandante da Guarda Municipal, a ação de desocupação teve origem na SDU Leste, onde o superintendente é o delegado James Guerra, suplente de vereador do PSB. O terreno seria da própria Prefeitura de Teresina.

A PMT não divulgou documentos sobre a propriedade do local, não informou a qual propósito a área será destinada nem o que será feito com as pessoas que estavam ali. Não há indícios de qualquer planejamento para um momento de conflito.

MENTIU E DISTORCEU

Em nota de esclarecimento, a Prefeitura De Teresina afirmou que o problema ocorreu na região do Vale do Gavião e que contou com apoio da Polícia Militar do Piauí.

Parte da nota é uma mentira, a outra parte, uma distorção dos fatos, segundo apurou o PD.

Em contato com a Tenente-Coronel Elza Rodrigues Ferreira, o Política Dinâmica perguntou se a Polícia Militar do Piauí poderia confirmar a versão de que o homem teria atacado os guardas. A resposta foi de que “essa pauta é com a Guarda Municipal”. Em seguida, ela confirmou que a “PMPI da área não estava no local”.

Na Assistência Militar da PMT, que é comandada pelo sobrinho do prefeito, o Major Flávio Pessoa, a informação é de que outra desocupação foi feita na madrugada de quinta, esta sim, no Vale do Gavião, onde apenas uma casa teria sido desocupada e sem nenhum transtorno. E que não sabia onde havia acontecido a desocupação que terminou em tiro.

APURAÇÃO

O coronel Nixon informou ao PD que também será aberto procedimento interno para apurar a conduta do GCM e se houve excesso. Foram apreendidos no local ferramentas como foices, martelos, picaretas e facas.

A versão oficial da Prefeitura Municipal de Teresina é de que o idoso atacou os guardas com um facão e um deles reagiu em legítima defesa. Em vídeos que circulam em grupos de Whatsapp e redes sociais, é possível ver um homem bastante irritado e desafiando a Guarda Municipal a retirá-lo do local. Esse homem segura uma foice nas imagens. Mas nenhuma das imagens disponíveis até o momento mostra o homem atacando os guardas.

Ao ser baleado no pé esquerdo, o lavrador de 52 anos foi jogado na caçamba de um dos veículos da Guarda Municipal e levado para o Hospital de Urgências de Teresina. Em um dos vídeos, é possível ver o homem na caçamba sendo retirado do local. Em outras imagens, pessoas comentam o ocorrido e mostram uma grande quantidade de sangue que ficou no local, além de guardas municipais entrando nos veículos e indo embora.

Comente!

ANTERIOR

COVIDÃO PIAUÍ: PF PRENDE EMPRESÁRIO

PRÓXIMA

WELLINGTON DECRETA “LOCKDOWN” E PESSOA CONCORDA