NOTÍCIAS

A CRUELDADE DE ROBERT RIOS

VICE-PREFEITO FALTA COM RESPEITO AO IRONIZAR CASO DE SUICÍDIO DO EX-PREFEITO TERESINA

17/11/2021 11:24

A cada ano, cerca de 800 mil pessoas morrem vítimas de suicídios. Apesar dos progressos de se falar e tratar o tema como problema de Saúde Pública, uma pessoa ainda morre a cada 40 segundos por suicídio, segundo dados da Organização Mundial de Saúde (OMS).

Vice-prefeito de Teresina, Robert Rios.

Caçoar, debochar, tirar proveito ou usar como exemplo pejorativo um caso de suicídio é no mínimo desastroso, desumano, é ultrapassar todos os limites do bom-senso. Mas, num áudio que circula nas redes sociais, o vice-prefeito de Teresina, Robert Rios (PSB), tentou tirar proveito político de um caso que chocou toda a capital para exemplificar uma decisão política da atual gestão da Prefeitura de Teresina.

Sem qualquer pudor em relação ao fato do ex-prefeito de Teresina, Firmino Filho (PSDB), ter sido vítima de suicídio em abril de 2021, o atual vice-prefeito da capital conseguiu proferir a seguinte frase:

“Nós [a Prefeitura de Teresina] só reconhecemos contratos que são feitos dentro da legalidade. Na Prefeitura não tem quartel para pagar diária para soldado, capitão. É inadmissível um Convênio feito para um policial militar para fazer um serviço que ele já é pago para praticar. É obrigação da PM servir às cidades, seja Altos, Campo Maior, Teresina, não importa. A PMT precisa pagar para que a cidade de Teresina tenha segurança da PM é um absurdo. No fim da gestão, o Doutor Pessoa, ele não quer pular do 14º andar, tem que continuar vivo, tem que fazer as coisas dentro da legalidade, não vamos nos afastar disso. Agora, todo dia vem um soldado cobrar aqui as diárias”, disse o vice-prefeito Robert Rios.

A fala “infeliz” ressalta um contrato da antiga gestão para que a Polícia Militar faça a segurança de alguns prédios públicos da capital. Porém, o que se questiona é a demonstração de que é preciso preparo para se ocupar cargos públicos. O que deixa a família e a população ainda mais descontente é saber que não há nenhuma perspectiva de respeito, palavra essa que parece não existir no dicionário do atual vice-prefeito de Teresina.

O mais correto seria a atual gestão da Prefeitura fazer uso do caso ocorrido com o ex-prefeito da cidade para traçar caminhos para garantir que todas as pessoas, em cada praça, parque, ruas e vielas da capital, tenham acesso a cuidados de saúde mental de qualidade.

Por meio de uma publicação no Twitter, a deputada estadual Lucy Soares, viúva do ex-prefeito Firmino Filho, lamentou a fala desrespeitosa e constrangedora do atual vice-prefeito da capital:

Reprodução Twitter.

ONDE PROCURAR AJUDAR

CENTRO DE VALORIZAÇÃO DA VIDA (CVV)

Associação civil sem fins lucrativos, formada por voluntários treinados para conversar com pessoas que procuram ajuda e apoio emocional, atuando na prevenção do suicídio. A conversa acontece sob sigilo total tanto pelo telefone, no número 188, e-mail e chat todos os dias durante 24 horas pelo site https://www.cvv.org.br. Interessados também podem procurar a sede do CVV funciona das 0h às 14h e está localizada na Rua Desembargador Freitas, número 1599, no Centro de Teresina.

PROVIDA

Ambulatório especializado no atendimento à demanda espontânea de pessoas com ideação suicida. Fica localizado no Centro de Saúde Lineu Araújo, na Rua Magalhães Filho, número 152, no Centro da capital. O local funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, o telefone é (86) 3215-4344.

CENTRO DE ATENÇÃO PSICOSSOCIAL (CAPS)

Em Teresina existem 7 Centros de Atenção Psicossocial (CAPS), gerenciados pela Fundação Municipal de Saúde (FMS) e direcionados ao atendimento exclusivo de pessoas com transtornos mentais. O último boletim epidemiológico do Ministério da Saúde apontou que nos locais onde existem Centros de Apoio Psicossocial (Caps) o risco de suicídio reduz em até 14%.

Os locais funcionam em dias úteis, das 8h às 11h e das 14h às 17h, realizando a triagem e o acolhimento de pessoas que buscam o serviço. Para ter acesso, o paciente pode ir sozinho ou acompanhado e deve, preferencialmente, procurar o CAPS que atende na região onde mora.

Confira os endereços dos 7 CAPS:

CAPS II - Zona Sudeste – localizado na Rua Poncion Caldas, número 5602, bairro Renascença (ao lado da UBS Redonda). Telefones: 3236-8747 / 3234-2506

Zona Sul – localizado na Avenida Barão de Gurguéia, número 2913, bairro Pio XII. Telefone: (86) 3218-4865

Zona Norte – localizado na Rua Presidente Lincoln, número 2978, bairro São Joaquim. Telefone: (86) 3213-2080

Zona Leste – localizado na Rua Visconde da Parnaíba, número 2435, bairro Horto Florestal. Telefone: (86) 3216-3967

CAPS INFANTO-JUVENIL (Atendimento a crianças e adolescentes com transtornos mentais graves e persistentes) – localizado na Rua Crisipo Aguiar, número 3889, bairro Buenos Aires. Telefone: (86) 3225-8078

CAPS AD (Atendimento a pessoas que fazem uso de álcool e outras drogas) – localizado na Rua Quintino Bocaiúva, número 2978, bairro Macaúba. Telefone: (86) 3215-7762

CAPS III (Atendimento 24h) – localizado na Rua Costa Rica, número 466, bairro Cidade Nova. Telefones: (86) 3221-0092 / 3221-6422

CENTRO DÉBORA MESQUITA (CDM)

Uma organização filantrópica que contribui com a prevenção e pósvenção do suicídio em Teresina, alertando sobre sintomas, causas e tratamentos disponíveis dos transtornos psíquicos.

O CDM está localizado na rua Pedro de Vasconcelos, número 2065, bairro Recanto das Palmeiras e funciona de segunda a sexta, das 8h às 17h. Telefone: (86) 9 9827-3343 / 9 8894-5742

SERVIÇO ESCOLA DE PSICOLOGIA (SEP)

Muitas universidades e faculdades brasileiras oferecem atendimentos psicológicos gratuitos à população, como uma atividade de extensão para os cursos de Psicologia. Confira uma lista com as Instituições que contam com essas atividades em Teresina:

Universidade Estadual do Piauí (UESPI) - o serviço de atendimento clínico da Psicologia da UESPI exige agendamento. No site do SEP da universidade é possível preencher um formulário e receber orientações.

Clínica Escola de Saúde Integrada UNINASSAU - Rua Dr. Otto Tito, 1771, bairro Redenção. Telefone: (86) 3194-1819

CUIDARE - Clínica Escola de Psicologia UNINASSAU. Av. Jóquei Clube, bairro Jóquei, 710. Telefone: (86) 99987-5239

SERVIÇO DE ATENDIMENTO DE URGÊNCIA PSIQUIÁTRICA

Em casos de surto psicótico ou tentativa de suicídio, o Hospital Areolino de Abreu, localizado na Rua Joe Soares Ferry, número 2420, no bairro Primavera é o hospital referência em atendimento de urgência psiquiátrica. Telefone: (86) 3222-2910.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) também pode ser acionado por meio do número 192.

Comente