Coluna Marcos Melo Política Dinâmica
WILSON TRAÍDO

PROGRESSISTAS SEGUEM ESCOLA DE WELLINGTON DIAS E DÃO BALÃO EM WILSON BRANDÃO, A QUEM FOI PROMETIDO O APOIO PARA A PRESIDÊNCIA DA ALEPI

17/12/2018 09:07

A filiação de Wilson Brandão ajudou na reeleição de Ciro, aumentou o número de deputados do PP dando ao partido envergadura para disputar a Alepi, mas com o nome do deputado Hélio Isaías (foto: Marcos Melo | PoliticaDInamica.com)

Não bastou a palavra empenhada, nem a mesma origem na cidade de Pedro II. A filiação do deputado estadual Wilson Brandão no Progressistas do senador Ciro Nogueira foi fundamentada na promessa de que ali estava o passaporte para a presidência da Assembleia Legislativa. Passadas as eleições, chegou o balão.

Wilson saiu do PSB e se filiou num momento importante para o Progressistas e, em especial, para Ciro Nogueira. Lula (PT) havia acabado de ser preso, vários políticos apontavam isso como uma das consequências do impeachment de Dilma Rousseff (PT) — processo no qual Ciro foi fundamental — e parte da base governista rejeitava o senador.

Wilson aumentou o poder do partido nas negociações da pré-campanha e a moral de Ciro que ainda patinava nas pesquisas.

No dia de sua filiação, Wilson Brandão era só sorrisos; estava chegando num partido da base do governo com a promessa de ser o próximo presidente da Alepi (foto: Marcos Melo | PoliticaDinamica.com)

“Mas de tanto ficar perto de Wellington Dias, o senador Ciro parece ter adquirido por ‘osmose’ o maior defeito de um homem público: não cumprir promessas”, disse ao Política Dinâmica um parlamentar amigo de Wilson, falando sobre o caso. O mesmo deputado apontou ainda que “se o PP teve coragem de enganar o Wilsinho, imagine o resto de nós”.

Segundo fontes nos bastidores do partido, o acordo era de que o PP indicaria Wilson como candidato à presidente da Alepi para o biênio 2019-2020. E em seguida seria a vez de Júlio Arcoverde, conduzindo os trabalhos da Casa no biênio 2021-2022.

Mal foi contabilizado o resultado das urnas e Júlio já tinha pulado na frente de Wilson nos planos do partido e há duas semanas, o deputado estadual Hélio Isaías passou dos dois, sendo hoje o candidato oficial da sigla.

Júlio Arcoverde, presidente estadual do PP, continua sendo o nome do partido para conduzir a Alepi na reta final para a campanha eleitoral de 2022 (foto: Jailson Soares | PoliticaDinamica.com)

Há alguns dias, procurado pelo PD, Wilson Brandão disse que não trataria do caso pela imprensa e que não era hora de falar. “Até fevereiro muita coisa pode acontecer”, se limitou a dizer. Alguma reação à quebra desta promessa pode ser esperada.

Sem a vice e com influência federal reduzida, a ALEPI é para o Progressistas o pilar de uma candidatura do partido ao governo do Estado em 2022.

Comentários (12348)

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.


Nome:
mensagem: