Coluna Marcos Melo Política Dinâmica
SILVIO MENDES VOLTA PRO PSDB

EX-PREFEITO ADMITE DISTANCIAMENTO COM LUCY SOARES E APONTA QUE GESTÃO DE DOUTOR PESSOA VAI CONHECER OPOSIÇÃO AGORA

13/05/2021 18:41 - Atualizado em 13/05/2021 19:00

Durante entrevista à TV Cidade Verde, o ex-prefeito Silvio Mendes, hoje filiado ao Progressistas, anunciou que vai voltar aos quadros do PSDB. Além dele, também outro ex-prefeito de Teresina, Chico Gerardo, volta ao ninho tucano. Esse retorno foi decidido após a morte de Firmino Filho e um apelo dos integrantes do partido que buscam uma reestruturação. A data vai ser marcada pelo diretório estadual.

Referência na história do PSDB em Teresina, Silvio Mendes retorna à sigla para ajudar a reestruturar o grupo do ex-prefeito Firmino Filho (foto: Jailson Soares | PoliticaDInamica)

Silvio disse que seu nome, no momento, não está disponível para disputar cargos eletivos em 2022, embora ele tenha todos os seus direitos políticos em dia. "Se me convencerem, nada me impede de ser, mas não tenho esse propósito", explicou.

O ex-prefeito revelou que não mantém relação próxima com a viúva de Firmino. Deixou a entender que sua saída da gestão da Fundação Municipal de Saúde na última gestão de Firmino foi provocada por esse distanciamento entre ele e a deputada Lucy Sores, sem dar detalhes. "Nós não temos relação política. Eu deixei a Prefeitura, vocês sabem por que, e desde então a gente não tem... estamos de certa forma, distantes", comentou.

Mas deixou bem claro que do ponto de vista pessoal, existe muito respeito, tanto que ele teria insistido para que o PSDB se reúna com ela e comunique seu retorno.

Desentendimento com Lucy teria sido motivo da saída de Silvio Mendes de dentro da gestão de Firmino Filho (foto: Jailson Soares | PoliticaDInamica)

Na mesma entrevista, Silvio levantou uma questão bastante interessante: desde a campanha e tão logo assumiu a Prefeitura, Robert Rios (PSB) alardeou que a PMT estava repleta de corrupção e esquemas que seriam objetos de denúncias e auditorias. Esperava-se, então, que tudo isso fosse formalizado. Porém, foram 4 meses e meio de gestão e nenhuma denúncia formal nem resultado de auditoria foi publicado.

Acabou a história de não ter oposição: retorno de Silvio ao PSDB aponta início de cobrança por resultados da nova gestão de Teresina (foto: Jailson Soares | PoliticaDInamica)

"O vice-prefeito foi para a rua, para as redes sociais, apedrejar as gestões passadas, particularmente o Firmino Filho. (...) Estamos praticamente no meio do ano e essas auditorias não foram divulgadas. Ou não fizeram auditoria, ou não encontraram o errado que foi denunciado de forma apressada lá em janeiro. Não tenho procuração do Firmino, Firmino Partiu. Mas se ele fez alguma coisa errada, que a alma dele pague por isso. Não defenderei o errado. Mas se não aparecer o que foi dito e levantado de forma leviana contra ele, eu serei defensor dele. eu e muitos outros, pode ter certeza", comentou.

O retorno de Silvio Mendes ao PSDB é como Doutor Pessoa vai começar a conhecer o que é ter oposição. 

Comente!

ANTERIOR

UMA CAMPANHA BEM ALÉM DA OAB

PRÓXIMA

"ELA TÁ É DOIDA!"