Coluna Marcos Melo Política Dinâmica
SEM CONVERSA DE TROCAR DE PARTIDO

FONTE LIGADA AO SOLIDARIEDADE ASSEGURA QUE PARTIDO TERÁ CHAPAS DE DEPUTADOS ESTADUAIS E FEDERAIS E QUE A CONDUÇÃO DE TODO O PROCESSO SERÁ DE EVALDO GOMES

07/01/2021 19:05

Após a estratégia de concentrar candidatos "mais robustos" em apenas 3 partidos nas eleições de 2022 ter vazado de dentro do Palácio de Karnak, uma fonte ligada à deputada federal Marina Santos assegurou ao Política Dinâmica que o Solidariedade já despachou a conversa com o governador Wellington Dias (PT). Uma candidatura governista vai contar com total apoio da sigla, mas a sigla não vai mudar a estratégia eleitoral.

De boa na lagoa: segundo fonte, Evaldo vai conduzir o crescimento do SDD onde outros partidos vão encolher (foto: Jailson Soares | PoliticaDinamica.com)

Segundo a fonte, uma virtual mudança de partido do deputado estadual Evaldo Gomes é tem chance "zero" de acontecer. Pelo contrário: Evaldo vai comandar todo o processo do Solidariedade, inclusive com liberdade total de articulação oferecida pela deputada federal Marina Santos e seu marido, Marcus Vinícius, ex-prefeito de Novo Oriente.

Para justificar a autonomia dada agora a Evaldo, inclusive, a fonte frisou que Marcus e Marina reconheceram o erro de ter contestado a estratégia traçada por ele na eleição municipal de Teresina. "Se tivessem escutado o Evaldo, o Gustavo Gaioso teria sido eleito também, mas perderam essa cadeira do grupo na Câmara por duvidar dos cálculos dele. Eles sabem disso", disse sem entrar em detalhes, apesar da nossa insistência.

Grupo do ex-prefeito Marcus Vinícius já teria dado total autonomia à Evaldo para articulações (foto: Jailson Soares | PoliticaDinamica.com)

Mas voltando ao plano estadual para 2022, nenhum pedido do governador Wellington Dias, assegura, vai desmanchar o partido. Como quem não gosta da pessoa, mas tem que dar o braço a torcer, a fonte ainda disse que "esse Evaldo" vai juntar a maior quantidade de candidatos "com votação de média para baixo" para as eleições futuras. E revelou que alguns deputados com mandato neste partidos que Wellington quer desmanchar já estão em conversa avançada para se abrigarem no Solidariedade.

É esperar para ver.

Marcos Melo

Marcos Melo

Jornalista

Comente!

ANTERIOR

POR QUE ROBERT NÃO FOI AO VELÓRIO?

PRÓXIMA

CIRO QUER GOVERNADORES E PREFEITOS INVESTIGADOS