Coluna Marcos Melo Política Dinâmica
FALTA ÁGUA, MAS NÃO FOI FALTA DE AVISO

ATÉ VEREADOR DO PT DENUNCIA FALTA DE ÁGUA E FALTA DE COMPROMISSO DA EMPRESA QUE ESTÁ NUMA PPP POR FORÇA DE LIMINAR

11/04/2019 18:43

O vereador de Teresina publicou imagens do descaso em suas redes sociais (foto: reprodução)

Quando a empresa Águas de Teresina venceu a licitação da subconcessão dos serviços da AGESPISA e o Tribunal de Contas do Estado contestou a vitória da empresa, não o fez à toa. Na época se chamando AEGEA, ela estava pagando R$ 21 milhões a menos e apresentando um atestado técnico de um município de apenas 4 mil habitantes. Para quem não sabe, a capital do Piauí tem mais de 850 mil habitantes. Agora, até vereador do PT reclama do serviço da empresa que foi escolhida, à força de liminar, pelo governo petista de Wellington Dias.

É um contrato de R$ 1,7 bilhão. E 30 anos de serviço pra frente.

Dudu do PT fez este vídeo nesta quinta-feira (11), na zona Sul de Teresina, região da Vila Irmã Dulce. Ele denunciou que há 4 meses a comunidade do Morro dos Cegos que é composta por mais de 500 famílias sofre com o descaso da falta de água. Indignado, o vereador questiona a falta de água em pleno período mais chuvoso do ano na capital.

O petista ainda classificou a situação como um descaso e apontou que o Ministério Público deve ser acionado.

Veja:

Também nesta quinta-feira, a TV Clube, afiliada da Rede Globo, denunciou que falta água, mas não falta boleto de conta.

Moradores estão tendo que tomar banho e lavar roupa na casa de parentes em outros bairros. E garantem que mesmo sem água, se o contador ficar ligado, a Águas de Teresina cobra pelo vento que passa nos canos.

Veja:


Comente!

ANTERIOR

O CUSTO DE PROTEGER REJANE

PRÓXIMA

CARROS DESCARACTERIZADOS NA CASA DO GOVERNADOR