NOTÍCIAS

AMEAÇADO DE MORTE, ELE QUER SER DEPUTADO

IDEALIZADOR DO MAIOR PERFIL DE DENÚNCIAS DO ESTADO, PETRUS EVELYN REVELA AMEAÇAS, COMENTA AS ELEIÇÕES DE 2022 E FALA SOBRE O FUTURO DE “O PIAUIENSE”

03/03/2022 14:48

Imagine denunciar dezenas de casos de corrupção, expor centenas de imoralidades dentro das máquinas públicas dos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário. Se você acha que só a fama é resultado disso, imaginou errado. Em retribuição, mais do que doações para manter o perfil @oPiauiense, o jornalista Petrus Evelyn recebeu ameaças de morte. Sem lugar seguro no Piauí, ele aceitou conceder ao Política Dinâmica entrevista via Zoom e garantiu querer aumentar a pressão sobre o sistema: Petrus vai disputar uma vaga na Assembleia Legislativa do Piauí em 2022.

O Piauiense: ameaçado de morte e sem poder morar no Piauí, Petrus Evelyn insiste em denúncias e será candidato a deputado estadual em 2022 (foto: Marcos Melo | PD | Zoom)

Segundo ele, a candidatura é motivada por três fatores principais: sua própria segurança, a necessidade de forçar a apuração de todas as denúncias que já fez e garantir que as próximas sejam feitas.

Apesar de tudo o que ele publica ganhar grande repercussão em redes sociais, ele acredita que existe um grande acordo nos bastidores dos poderes para ignorar as denúncias, uma cumplicidade entre criminosos que se protegem, segundo seu entendimento. O “esquema”, segundo Petrus, pode até ignorar um cidadão comum. Quase trinta representações no Ministério Público do Estado do Piauí e outras tantas espalhadas por delegacias de polícia e e-mails de ouvidoria provam isso.

Hoje com mais de 80 mil seguidores, @opiauiense tem análises políticas, enquetes, denúncias e revelações sobre bastidores da política no Piauí (imagens: reprodução)

Por outro lado, também provam que mesmo sem saber que O Piauiense teria tanta repercussão, Petrus não estava pra brincadeira antes, nem está agora.

Ele ainda não tem partido definido, mas garante que busca, em qualquer que seja a sigla partidária, a liberdade de emitir sua própria opinião sobre o processo eleitoral, sem necessariamente ter que defender outros candidatos para a presidência da república, senado e câmara federal.

Em entrevista exclusiva, Petrus se mostrou confiante na visão de que o projeto de denúncias e a busca por mais transparência no poder públicos podem se fortalecer com um representante na Alepi (foto: Marcos Melo | PD | Zoom)

“Cada um tem que votar no que achar melhor pra si. Não quero defender ninguém. Eu represento os meus ideais”, defende.

Na entrevista completa, Petrus fala sobre suas expectativas, sobre a necessidade da sociedade colocar um político fora do esquema na assembleia, sobre financiamento do jornalismo piauiense, compara Ciro Nogueira (Progressistas) a Wellington Dias (PT), faz distinções entre Sílvio Mendes (PSDB) e Rafael Fonteles (PT) na disputa pelo Governo do Estado, avalia a política  e convoca os piauienses para iniciar uma mudança.

Confira a entrevista completa!


Comente