Coluna Marcos Melo Política Dinâmica
SE WELLINGTON CHAMAR, ELE VAI?

ÀS VESPERAS DA REFOMA ADMINISTRATIVA, JÁ TEM GENTE FAZENDO O MEIO DE CAMPO A PEDIDO DO GOVERNADOR; PARA A IMPRENSA, WILSON MARTINS DESCONVERSA, MAS NÃO DESCARTA

05/01/2021 10:27 - Atualizado em 05/01/2021 14:35

O PD entrou em contato com o ex-governador Wilson Martins (PSB). Nos bastidores fala-se na possibilidade dele voltar a fazer parte de uma gestão de Wellington Dias (PT). Com uma reforma administrativa se desenhando no horizonte breve -- o governador quer preparar a máquina para 2022 --, já tem gente fazendo o meio de campo para esse retorno. Wilson não descarta.

Nos últimos 7 anos, os caminhos de oposição a Wellington percorridos por Wilson foram de derrotas; o certo é voltar agora? (foto: Jailson Soares | PoliticaDinamica.com)

-- Acabo de saber que o governador está lhe sondando para reintegrar a gestão dele, numa reforma que deve acontecer no fim de janeiro e início de fevereiro deste ano. Você e Wellington juntos outra vez? -- foi a pergunta.

-- Independentemente de sermos aliados ou não, sempre mantive uma relação respeitosa e fraternal com o governador, mas sobre isso, não há absolutamente nada de concreto! -- foi a resposta de Martins.

O PD insistiu. O próprio governador Wellington Dias ou alguém em seu nome já teria lhe feito uma visita? Mandado alguma mensagem?

Wilson foi contido na resposta, mas deu a "senha" de que nada é impossível. Comentou que, ocasionalmente, quando os dois se encontram em eventos sociais, "sempre há acenos, o que é absolutamente natural". E revelou que amigos em comum dos dois demonstram entusiasmo com esta possibilidade de reunião.

-- Apenas isso! -- finalizou.

Aos terraplanistas, recomendamos não duvidar muito do movimento de rotação da Terra.

Marcos Melo

Marcos Melo

Jornalista

Comente!

ANTERIOR

POR QUE ROBERT NÃO FOI AO VELÓRIO?

PRÓXIMA

CIRO QUER GOVERNADORES E PREFEITOS INVESTIGADOS