Selo

00:00
OPOSIÇÃO
REJANE DIAS E FÁBIO ABREU RETORNAM À CÂMARA PARA VOTAR CONTRA REFORMA DA PREVIDÊNCIA

OS DEPUTADOS ACOMPANHAM A ALA OPOSICIONISTA ÀS REFORMAS PROPOSTAS PELO PRESIDENTE MICHEL TEMER

11/08/2017 11:54 - Atualizado em 11/08/2017 12:59

O voto dos deputados licenciados é bem-vindo para oposição na Câmara (Foto: Jailson Soares/PoliticaDinamica.com)

Por Ananda Oliveira e Marcos Melo

Os deputados federais licenciados Fábio Abreu (PTB) e Rejane Dias (PT) vão à Brasília participar da votação da reforma da Previdência na Câmara dos Deputados. Eles já haviam sinalizado essa decisão anteriormente. Os dois acompanham a ala oposicionista às reformas propostas pelo presidente Michel Temer (PMDB).

Por serem contra a reforma, Rejane e Fábio deixarão as secretarias que comandam – Educação e Segurança Pública, respectivamente – para dar o voto pela derrubada da proposta, que já foi aprovada pela Comissão de Constituição e Justiça da Câmara e deve voltar à discussão a partir de setembro. Além de Fábio e Rejane, o deputado federal Assis Carvalho (PT) também é declaradamente contra o projeto.

A reforma da Previdência não tem boa aceitação entre a opinião pública e a aprovação da proposição ainda não é dada como certa. Os deputados do Centrão ameaçam travar a reforma da Previdência. O líder do PP na Câmara, deputado Arthur Lira, declarou que só retomará o diálogo “quando o governo se comunicar melhor e quando resolver quem é base e quem é oposição". Eles querem que o presidente reorganize a base aliada.

VOTAÇÃO DA DENÚNCIA
Os deputados licenciados eram também esperados na votação que pedia o arquivamento da denúncia feita pela Procuradoria-Geral da República contra Temer, acusando-o de corrupção passiva no caso da JBS. Com a permanência na capital, os suplentes puderam votar de acordo com as suas preferências pessoais.

O deputado federal Maia Filho (PP) votou de acordo com a orientação do seu partido, capitaneado pelo senador Ciro Nogueira (PP), pelo arquivamento da denúncia.

Já Silas Freire (PODE) pediu o prosseguimento da investigação. “Precisamos tomar o Brasil das mãos da corrupção e devolvê-lo aos brasileiros. Só faremos isso se deixarmos as instituições dizer quem é inocente e quem é culpado: passar o Brasil a limpo”, declarou durante a votação.

___________________________
LEIA TAMBÉM:
Rejane não atende Assis Carvalho
Fábio não vai votar denúncia contra Temer; Rejane Dias é dúvida

Comente!
Notícias relacionadas
MOBILIZAÇÃO
BANCADA REAGE CONTRA FECHAMENTO DE ZONAS ELEITORAIS
BANCADA REAGE CONTRA FECHAMENTO DE ZONAS ELEITORAIS
MIRA 2018
PRESIDENCIÁVEL, CIRO GOMES FALA QUE TERESINA É “EXPRESSÃO DE MODERNIZAÇÃO” NO PIAUÍ
PRESIDENCIÁVEL, CIRO GOMES FALA QUE TERESINA É “EXPRESSÃO DE MODERNIZAÇÃO” NO PIAUÍ
ARTICULAÇÃO
PARTIDO MAIS CITADO NA LAVA JATO, PP DE CIRO DEMONSTRA FORÇA E BUSCA MAIS FILIAÇÕES
PARTIDO MAIS CITADO NA LAVA JATO, PP DE CIRO DEMONSTRA FORÇA E BUSCA MAIS FILIAÇÕES
INSEGURANÇA
DISCUSSÃO SOBRE SEGURANÇA DOMINA COMEMORAÇÕES DO ANIVERSÁRIO DE TERESINA
DISCUSSÃO SOBRE SEGURANÇA DOMINA COMEMORAÇÕES DO ANIVERSÁRIO DE TERESINA