Selo

00:00
Coluna Lídia Brito Política Dinâmica
CRISE ECONÔMICA
LIBERAÇÃO DE EMPRÉSTIMO NÃO AFASTA FANTASMA

MESMO COM A LIBERAÇÃO DA OPERAÇÃO DE CRÉDITO NO VALOR DE R$ 615 MILHÕES, A PALAVRA DE ORDEM NO GOVERNO É CAUTELA

12/06/2017 13:10

Governo espera com expectativa a liberação dos empréstimo (Foto:JailsonSoares/PoliticaDinamica.com)

A liberação pela Caixa Econômica Federal de empréstimo no valor de R$ 615 milhões irá trazer um alívio para o governo de Wellington Dias (PT), mas não afasta o fantasma da possibilidade do atraso de salários dos servidores. De acordo com o secretário de Planejamento Antônio Neto, o governo sabe da necessidade de se ter cautela porque a crise nacional tende a piorar.

Ele afirma que o estado não está imune às dificuldades que são geradas pela crise nacional. Segundo Antônio Neto, a folha de pagamento continuará sendo a prioridade. “Todos os estados estão sujeitos a problemas financeiros. Todos estão com dificuldades. A receita caiu muito forte. Nossa ação é de prevenção e cautela. Estamos priorizando o pagamento da folha. Vamos fazer tudo para a máquina funcionar. Mas estamos sujeitos a questão nacional. À crise nacional. Se arrecadação continuar caindo, sem repasses do Governo Federal, vamos entrar em linha de crise bem mais severa. Por isso temos que tomar todos os cuidados e ter consciência da contenção de gastos”, afirmou.

Apesar das previsões pessimistas, o secretário afirma que a promessa da liberação do empréstimo ameniza o clima de dificuldade. “Torcemos para que essa liberação ocorra o mais rápido possível. É necessário para podermos retornar investimentos em obras estruturantes. Pedimos dois empréstimos à Caixa. Uma sem aval e outra com aval. O que está na iminência de sair é o de R$ 615 milhões. A questão política nacional é que atrapalha esse liberação. Segundo informações recentes estão perto de liberar. Liga a luz verde”, destacou. 

Comente!
Notícias relacionadas
ELEIÇÕES 2018
VEREADORES CERCAM PRIMEIRA-DAMA NA CÂMARA
VEREADORES CERCAM PRIMEIRA-DAMA NA CÂMARA
REJEIÇÃO
“CÂMARA FOI DESELEGANTE E INJUSTA COM DÓRIA”, CRITICA FIRMINO FILHO
“CÂMARA FOI DESELEGANTE E INJUSTA COM DÓRIA”, CRITICA FIRMINO FILHO
ELEIÇÕES 2018
APOIO DE PREFEITOS FAZ WELLINGTON COLAR EM CIRO
APOIO DE PREFEITOS FAZ WELLINGTON COLAR EM CIRO
TECNOLOGIA
FESTIVAL DE TRAPALHADAS
FESTIVAL DE TRAPALHADAS