Selo

00:00
FISCALIZAÇÃO
TCE VAI PUNIR PREFEITOS QUE ATRASAREM SALÁRIOS

MEDIDA FOI ANUNCIADA NESTA SEGUNDA-FEIRA (17) PELO CONSELHEIRO OLAVO REBELO LOGO APÓS SER ELEITO NOVO PRESIDENTE DA CORTE

17/10/2016 11:47 - Atualizado em 22/10/2016 15:19

Presidente eleito promete endurecer medidas (Foto: Jailson Soares/PoliticaDinamica.com)

Por Gustavo Almeida

Minutos depois de ser eleito presidente do Tribunal de Contas do Estado (TCE) para o biênio 2017/2018, o conselheiro Olavo Rebelo anunciou que na sua gestão será votada uma resolução para punir gestores municipais que não pagarem os servidores em dia. Segundo ele, todas as denúncias serão apuradas e a punição ocorrerá nos casos onde os prefeitos não apresentarem justificativas para os atrasos.

Rebelo acrescentou ainda que o não pagamento dos salários será mais um critério para a rejeição das contas. "Nós vamos votar uma resolução aqui e iremos punir os gestores que não pagarem em dia os servidores, desde que eles não tenham justificativa. Nós temos poder para isso. Nesse caso nossa Lei Orgânica muda e os atrasos passarão a se somar a outros erros para reprovação de contas", explicou o presidente eleito.

Fraudes em licitações
Olavo Rebelo falou ainda sobre o endurecimento da fiscalização para coibir fraudes em licitações nos municípios. O conselheiro informou que um empresário já procurou o Tribunal de Contas para denunciar o que ele classificou como "festival de fraudes" que ocorre no Piauí. O departamento de engenharia do órgão será utilizado para fiscalizar obras nos municípios.

O conselheiro afirmou ainda que nos casos de obras com recursos federais a Polícia Federal e todos os órgãos que compõem a rede de controle serão acionados pelo TCE. Todas as ações fazem parte de um conjunto de medidas alternativas que o Tribunal vai adotar após a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que determinou que apenas as Câmaras Municipais tornem gestores inelegíveis por rejeição de contas.

Olavo sustentou que o TCE-PI "não vai afrouxar" em razão da decisão do Supremo. Para ampliar o trabalho, ele anunciou também que o Tribunal será interiorizado. Três sub-sedes, chamadas por ele de inspetorias, serão criadas nas cidades de Picos, Parnaíba e Bom Jesus.

Comente!
Notícias relacionadas
INSEGURANÇA
DISCUSSÃO SOBRE SEGURANÇA DOMINA COMEMORAÇÕES DO ANIVERSÁRIO DE TERESINA
DISCUSSÃO SOBRE SEGURANÇA DOMINA COMEMORAÇÕES DO ANIVERSÁRIO DE TERESINA
POLÍTICAS PÚBLICAS
VEREADOR CRITICA CAMPANHA DE ANIVERSÁRIO DE TERESINA
VEREADOR CRITICA CAMPANHA DE ANIVERSÁRIO DE TERESINA
REFORMA POLÍTICA
“NÃO EXISTEM TANTAS IDEOLOGIAS PRA TER TANTOS PARTIDOS”, AFIRMA MAIA FILHO
“NÃO EXISTEM TANTAS IDEOLOGIAS PRA TER TANTOS PARTIDOS”, AFIRMA MAIA FILHO
REFORMA POLÍTICA
CIRO CRITICA FINANCIAMENTO PÚBLICO DE CAMPANHA E DEFENDE PLEBISCITO PARA DECIDIR SOBRE FUNDO PARTIDÁRIO
CIRO CRITICA FINANCIAMENTO PÚBLICO DE CAMPANHA E DEFENDE PLEBISCITO PARA DECIDIR SOBRE FUNDO PARTIDÁRIO