Assentamento pede apoio do Governador

TRABALHADORES RURAIS SE MANIFESTAM EM FRENTE AO PALÁCIO DE KARNAK PEDINDO POR TERRA

23/06/2015 13:03 - Atualizado em 24/06/2015 09:43

por Maura Vitória e Viviane Menegazzo

Na manhã desta terça-feira 23, certa de 150 agricultores do assentamento Serra do Coroatá, situado na região de Altos, se manifestaram em frente ao Palácio de Karnak pedindo audiência com o governador (que se encontra em Brasília) em solicitação a posse da terra onde estão morando há 10 anos. 

“Queremos que ele decrete a terra para fim social pelo fato do suposto dono da região querer colocar os trabalhadores rurais para fora da terra, depois que conseguimos muitos benefícios, água, luz, transporte escolar, investimentos do Banco do Nordeste,” explicou o presidente da Associação dos Produtores Rurais do Meio Norte do Piauí, João da Cruz.Foto: Jailson Soares/ Politica Dinâmica

Cerca de 100 famílias vivem no assentamento, que já tentou, em 2012, a regularização das terras junto à Ouvidoria Agrária Nacional dos Agricultores mas, segundo o site do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (INCRA), o assentamento  se encontra em situação de acampados tem 54 famílias.

Esse seria o primeiro encontro com o governador para informá-lo sobre a liminar de reintegração de posse, apresentada pelo proprietário da terra, o empresário Sebastião Cavalcante Rodrigues. Os trabalhadores acreditam em uma resposta positiva em relação ao decreto.

Comentários (0)

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.


Nome:
mensagem:
Notícias relacionadas
PP VAI STF PARA SUSPENDER PRAZO DE FILIAÇÕES
PP VAI STF PARA SUSPENDER PRAZO DE FILIAÇÕES
CIRO PUBLICA ARTIGO E DIZ QUE ADIAR ELEIÇÃO É ATO HUMANITÁRIO
CIRO PUBLICA ARTIGO E DIZ QUE ADIAR ELEIÇÃO É ATO HUMANITÁRIO
"OU RENUNCIA OU SE FAZ O IMPEACHMENT DELE"
DEPUTADO DESTINA R$ 8,4 MILHÕES PARA SAÚDE
DEPUTADO DESTINA R$ 8,4 MILHÕES PARA SAÚDE