Coluna Lídia Brito Política Dinâmica
ATRASOS
PREFEITURA DE TIMON NÃO PAGA COMISSIONADOS DESDE OUTUBRO

SITUAÇÃO FINANCEIRA DA PREFEITURA É ALARMANTE E CERCA DE 3 MIL SERVIDORES ESTÃO SEM RECEBER SALÁRIOS

27/11/2017 09:17 - Atualizado em 27/11/2017 11:41

A vizinha cidade de Timon (MA) passa por uma grave crise financeira. Cerca de 3 mil servidores comissionados estão sem receber os salários desde o mês de outubro. O atraso atinge áreas como Saúde, Administração, Limpeza e Finanças.

Reportagem não conseguiu resposta da assessoria do prefeito Luciano Leitoa (Foto:TiagoAmaral/PoliticaDinamica.com)

A dívida da prefeitura com os salários em atraso já chega a R$ 3 mil milhões. Com a aproximação do final, o pagamento do décimo terceiro dos servidores corre o risco de ficar comprometido. A tendência é que a dívida só aumente.

Para a oposição, o prefeito Luciano Leitoa tem pecado pelo excesso de gastos que elevam as despesas do município. Uma das poucas pastas que devem honrar o pagamento dos comissionados é a Secretaria de Educação. A folha é de R$ 2 milhões.

Os servidores já fizeram paralisação para protestar contra os atrasos. Até o momento, a prefeitura não deu resposta.

A reportagem tentou entrar em contato com a Prefeitura de Timon, mas não obteve retorno da assessoria do prefeito Luciano Leitoa.

Comentários (0)

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.


Nome:
mensagem:
Notícias relacionadas
ELEIÇÕES 2018
WELLINGTON ACEITA SUGESTÃO DE CIRO DE FAZER PESQUISA PARA DEFINIR VICE
WELLINGTON ACEITA SUGESTÃO DE CIRO DE FAZER PESQUISA PARA DEFINIR VICE
VIAGEM
GOVERNO TEM PRESSA NA FORMAÇÃO DAS COMISSÕES
GOVERNO TEM PRESSA NA FORMAÇÃO DAS COMISSÕES
ELEIÇÕES 2018
“MAIORES PARTIDOS DEVEM FICAR COM AS VAGAS MAJORITÁRIAS”, DIZ MARCELO CASTRO
“MAIORES PARTIDOS DEVEM FICAR COM AS VAGAS MAJORITÁRIAS”, DIZ MARCELO CASTRO
DISPUTA
“É CHOVER NO MOLHADO”, DIZ FIRMINO SOBRE DECLARAÇÕES DE JEOVÁ
“É CHOVER NO MOLHADO”, DIZ FIRMINO SOBRE DECLARAÇÕES DE JEOVÁ