Coluna Lídia Brito Política Dinâmica
DISPUTA
“SE DEUS E O POVO QUISEREM SEREI CANDIDATO”, DIZ JEOVÁ ALENCAR SOBRE PREFEITURA

PRESIDENTE DA CÂMARA TEM O NOME COTADO COMO CANDIDATO A PREFEITO DE TERESINA E INCOMODA GRUPO POLÍTICO DE FIRMINO FILHO

06/02/2018 12:38 - Atualizado em 06/02/2018 17:58

O nome do presidente da Câmara de Vereadores, Jeová Alencar (PSDB), tem crescido no meio político como possível candidato a prefeito de Teresina em 2020. Na mesma proporção, tem crescido o incômodo que o nome dele tem causado no grupo político ligado ao prefeito Firmino Filho (PSDB).

Taxado de traidor após ser reeleito presidente sem o consentimento do prefeito, Jeová é visto como adversário do Palácio da Cidade e a possibilidade dele ser candidato a prefeito incomoda os adversários ligados ao prefeito. Jeová afirma que essa é uma discussão para o futuro, mas não descarta a candidatura.

Jeová Alencar não descarta candidatura a prefeito (Foto: JailsonSoares/PoliticaDinamica.com)

“Eu fico feliz de ter nosso nome lembrado. Cada coisa a seu tempo. Eu não tenho ansiedade, as coisas tem que ocorrer no seu devido momento. Estou muito feliz e sei da responsabilidade que tenho do meu mandato de vereador e de estar presidente da Câmara. Agora quando chegar a hora, se Deus e o povo quiserem, serei candidato. Mas isso é uma discussão para o futuro”, afirmou.

Sobre o incômodo que vem causando no grupo ligado ao prefeito Firmino Filho, que pretende eleger o substituto do tucano, Jeová afirma ser “maldade”. “Eu sou um grão de areia no deserto em relação ao grupo da prefeitura. Quem sou eu para achar que sou obstáculo ou alguém que possa retirar deles alguma coisa. Eu encaro isso como pura maldade porque o grupo da prefeitura é muito mais forte. O PSDB administra há muitos anos a capital. O PSDB pode colocar o grupo que quiser”, afirmou.

Jeová também reagiu às manifestações de secretários como Kleber Montezuma (Educação), que fez críticas a possível interferência do deputado Themístocles Filho (MDB) na Câmara. Ele afirma que a Câmara merece respeito.

“Eu quero lamentar as críticas e infâmias por parte de secretários e desafiar quem quer que seja a provar que existe qualquer tipo de influência de um Poder sobre o outro. Eu acho que é preciso respeitar os poderes e saber que nessa Casa existem 29 vereadores, livres e independentes. O prefeito terá sempre o nosso respeito e exercerá sempre a governabilidade uma vez que tem a maioria. Não se pode criticar e ser leviano com esta Casa. Eles precisam respeitar a Câmara e nós iremos fazer com que eles respeitem”, comentou.

Comentários (0)

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.


Nome:
mensagem:
Notícias relacionadas
ELEIÇÕES 2018
WELLINGTON ACEITA SUGESTÃO DE CIRO DE FAZER PESQUISA PARA DEFINIR VICE
WELLINGTON ACEITA SUGESTÃO DE CIRO DE FAZER PESQUISA PARA DEFINIR VICE
VIAGEM
GOVERNO TEM PRESSA NA FORMAÇÃO DAS COMISSÕES
GOVERNO TEM PRESSA NA FORMAÇÃO DAS COMISSÕES
ELEIÇÕES 2018
“MAIORES PARTIDOS DEVEM FICAR COM AS VAGAS MAJORITÁRIAS”, DIZ MARCELO CASTRO
“MAIORES PARTIDOS DEVEM FICAR COM AS VAGAS MAJORITÁRIAS”, DIZ MARCELO CASTRO
DISPUTA
“É CHOVER NO MOLHADO”, DIZ FIRMINO SOBRE DECLARAÇÕES DE JEOVÁ
“É CHOVER NO MOLHADO”, DIZ FIRMINO SOBRE DECLARAÇÕES DE JEOVÁ