Coluna Lídia Brito Política Dinâmica
ELEIÇÕES 2018
“PIAUÍ PRECISA DE GOVERNADOR QUE PENSE MENOS NA POLÍTICA PARTIDÁRIA”, DIZ FREITAS NETO

EX-GOVERNADOR FREITAS NETO AVALIA O CENÁRIO POLÍTICO PARA 2018 E DIZ QUE O ESTADO PRECISA DE UM CANDIDATO AO GOVERNO COM COMPROMISSO DE GESTÃO

30/08/2017 09:30

Apontado por alguns como uma opção da oposição no Piauí em 2018, o ex-governador Freitas Neto (PSDB) avalia o cenário político local e faz críticas ao que chama de preocupação exagerada com a política partidária em esquecimento à gestão. Sem citar diretamente o governo de Wellington Dias (PT), o tucano afirma que para o próximo ano, o “Piauí precisa de governador que pense menos na política partidária”.

Em entrevista ao Política Dinâmica, Freitas Neto afirma que se o próximo governo não focar na gestão, o Piauí poderá passar por situações como o Rio de Janeiro. Ele afirma que o conchaves políticos tem levado o estado e o país para uma crise de representatividade.

 “É uma discussão política que não leva a nada. Atende apenas a conveniência dos políticos e não atende o povo. Eu acho que precisamos procurar um candidato que tenha o compromisso em gestão.  Estamos vendo o que aconteceu com o Brasil. O país faliu. Não tem recursos para setores como Saúde e Educação. Falta gestão. O Rio de Janeiro quebrou é um exemplo. Isso vai acontecer com outros estados se os gestores não se preocuparem em gerir o destino. Gestão política fica para o ano político, se você fez um bom governo o povo vai reconhecer”, destacou.

Com o governador Wellington Dias (PT) se preparando para ser candidato à reeleição em 2018 e os aliados brigando por espaço na chapa majoritária, ele afirma que no momento de crise é preciso deixar em segundo plano a acomodação de aliados.

“O Piauí precisa pensar mais em administração e menos em política. Esse assunto deveria ficar só para o próximo ano. Aqui quando se termina uma eleição já se começa a pensar em outra. O Piauí não tem uma agenda positiva. Só trata de quem vai ser governador, se o partido A tem apoio do B. Atendem apenas lideranças políticas. Muitas vezes nem se atende as lideranças que estão lá na ponta, como os prefeito e vereadores. Falam apenas com a cúpula das lideranças políticas”, afirmou.

Comentários (0)

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.


Nome:
mensagem:

Mais notícias sobre:

Notícias relacionadas
ELEIÇÕES 2018
WELLINGTON ACEITA SUGESTÃO DE CIRO DE FAZER PESQUISA PARA DEFINIR VICE
WELLINGTON ACEITA SUGESTÃO DE CIRO DE FAZER PESQUISA PARA DEFINIR VICE
VIAGEM
GOVERNO TEM PRESSA NA FORMAÇÃO DAS COMISSÕES
GOVERNO TEM PRESSA NA FORMAÇÃO DAS COMISSÕES
ELEIÇÕES 2018
“MAIORES PARTIDOS DEVEM FICAR COM AS VAGAS MAJORITÁRIAS”, DIZ MARCELO CASTRO
“MAIORES PARTIDOS DEVEM FICAR COM AS VAGAS MAJORITÁRIAS”, DIZ MARCELO CASTRO
DISPUTA
“É CHOVER NO MOLHADO”, DIZ FIRMINO SOBRE DECLARAÇÕES DE JEOVÁ
“É CHOVER NO MOLHADO”, DIZ FIRMINO SOBRE DECLARAÇÕES DE JEOVÁ