Coluna Lídia Brito Política Dinâmica
ELEIÇÕES 2018
CIRO SAI EM DEFESA DE WELLINGTON E CRITICA OPOSIÇÃO

SENADOR CIRO NOGUEIRA REAGIU ÀS CRÍTICAS DE DEPUTADOS SOBRE FALTA DE TRANSPARÊNCIA NAS NEGOCIAÇÕES DO EMPRÉSTIMO JUNTO À CAIXA

28/08/2017 09:48 - Atualizado em 28/08/2017 10:28

Ciro acompanhou o governador em evento e criticou a oposição (Foto:JailsonSoares/PoliticaDinamica.com)

O presidente nacional do PP, senador Ciro Nogueira, acompanhou o governador Wellington Dias (PT) durante solenidade de inauguração da obra de ampliação da Clínica Batista, no Centro de Teresina. Na ocasião, ele garantiu que parte do empréstimo de R$ 600 milhões da Caixa Econômica Federal já está na conta do estado.

Ciro criticou a postura dos deputados da oposição que levantam suspeitas sobre a transação e o destino que será dado ao dinheiro. Parlamentares denunciam falta de transparência nas negociações. Segundo ele, a oposição não ajuda o estado com acusações “infundadas”.

Na Assembleia Legislativa, o deputado Gustavo Neiva (PSB) protocolou um requerimento solicitação à direção da Caixa Econômica Federal informações sobre o dinheiro. O deputado queria ter certeza que a primeira parcela de R$ 300 milhões já estaria na conta. Gustavo também se mostrou preocupado com o destino dado ao dinheiro em um ano pré-eleitoral.

Ciro Nogueira garante que dinheiro do empréstimo já está na conta (Foto: Jailson Soares/PoliticaDinamica.com)

Considerado o principal negociador para que o dinheiro caísse na conta, Ciro diz não haver motivos para críticas e diz serem especulações. “A primeira parcela foi liberada. É pouco mais de R$ 300 milhões. Já está na conta do Governo do Estado. As obras estão iniciadas. Para que a outra parcela possa ser liberada, basta que o Governo do Estado execute a primeira parcela e a segunda cairá automaticamente. Estamos negociando mais um empréstimo de R$ 300 milhões que vai fazer um investimento em torno de R$ 1 bilhão. Então o dinheiro está na conta e as obras são iniciadas porque algumas dependem de licitação e de ordem de serviço. São obras fundamentais para o Piauí”, destacou.

RESPOSTA

Sobre a acusação de que as obras realizadas com o empréstimo poderão ser usadas para beneficiar o governador Wellington Dias, Ciro diz ser um desserviço da oposição. “O governador tem governado o estado. Tem que fazer o seu papel de trabalhar, mostrar obras, de executar. Se ele for criticado por trabalhar e executar é um erro da oposição. A oposição tem que fiscalizar a execução das obras e acompanhar se estão sendo bem feitas, se não existe nenhum tipo de desvio de conduta. Esse é o papel da oposição. Oposição que critica obra não pode existir, é um erro grave”, afirmou.

Comentários (0)

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.


Nome:
mensagem:
Notícias relacionadas
DISPUTA
DEOLINDO DIZ QUE BASE RECEBE ORDENS PARA ATACAR OPOSIÇÃO
DEOLINDO DIZ QUE BASE RECEBE ORDENS PARA ATACAR OPOSIÇÃO
DISCUSSÃO
O APARTE MAIS PROFUNDO DA HISTÓRIA DA CÂMARA
O APARTE MAIS PROFUNDO DA HISTÓRIA DA CÂMARA
CONFLITO
“DIA DO JACARÉ”, DIZ DUDU SOBRE DEMISSÃO DE COMISSIONADOS
“DIA DO JACARÉ”, DIZ DUDU SOBRE DEMISSÃO DE COMISSIONADOS
CÂMARA
"CHEGA, FIRMINO!", DIZ MAJOR PAULO ROBERTO