Coluna Lídia Brito Política Dinâmica
ELEIÇÕES 2018
CIRO QUESTIONA VIABILIDADE DE THEMÍSTOCLES EM 2018

CIRO DIZ QUE O PP NÃO DESISTIU DE MANTER MARGARETE COELHO COMO VICE E QUESTIONA A FORÇA DE THEMÍSTOCLES FILHO EM 2018

24/11/2017 11:56 - Atualizado em 24/11/2017 12:12

A indicação do presidente da Assembleia Legislativa do Estado, Themístocles Filho (PMDB), como candidato a vice na chapa do governador Wellington Dias (PT) está longe de uma definição. E se depender do presidente nacional dos Progressistas, senador Ciro Nogueira, essa aliança deve não se concretizar.

Senador diz que PP quer indicar o vice em 2018 (Foto:JailsonSoares/PoliticaDinamica.com)

Ciro afirma que o PP não desistiu de permanecer com a atual vice-governador Margarete Coelho (PP) no cargo. Segundo ele, o que vai definir a escolha será o desempenho dos dois no próximo ano. Pesquisas e apoio eleitoral serão decisórios.

Ele questiona se o nome de Themístocles será viável em 2018 para ocupar a vaga de vice. O senador lembra que ninguém é candidato de si mesmo.

 “Ninguém é candidato do PMDB ou dos Progressistas ou do PT. Wellington é candidato a governador porque é o melhor nome da coligação. O Ciro é candidato porque é o melhor quadro hoje para a disputa ao Senado. Será que o Themístocles vai a melhor opção em 2018? Será o melhor nome em apoio, em pesquisa eleitoral, para fazer que o Wellington e o Ciro ganhe a eleição. Se não for, vai ser a Margarete se ela se mostrar bem. Ninguém é candidato de si próprio. A definição só ocorre no próximo ano”, declarou.

 

Comentários (0)

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.


Nome:
mensagem:
Notícias relacionadas
DISPUTA
DEOLINDO DIZ QUE BASE RECEBE ORDENS PARA ATACAR OPOSIÇÃO
DEOLINDO DIZ QUE BASE RECEBE ORDENS PARA ATACAR OPOSIÇÃO
DISCUSSÃO
O APARTE MAIS PROFUNDO DA HISTÓRIA DA CÂMARA
O APARTE MAIS PROFUNDO DA HISTÓRIA DA CÂMARA
CONFLITO
“DIA DO JACARÉ”, DIZ DUDU SOBRE DEMISSÃO DE COMISSIONADOS
“DIA DO JACARÉ”, DIZ DUDU SOBRE DEMISSÃO DE COMISSIONADOS
CÂMARA
"CHEGA, FIRMINO!", DIZ MAJOR PAULO ROBERTO