Coluna Lídia Brito Política Dinâmica
BANCADA DO PIAUÍ CONCLUI DIVISÃO DOS CARGOS FEDERAIS

CIRO E IRACEMA CONTINUAM COM OS MESMOS CARGOS INDICADOS DURANTE O GOVERNO DA PRESIDENTE DILMA ROUSSEFF

06/06/2016 10:36 - Atualizado em 06/06/2016 13:53

Ciro e Iracema continuam com os cargos que assumiram ainda no governo Dilma (Foto: Jailson Soares/PoliticaDinamica.com)

O processo de redivisão dos cargos federais no Piauí deve ser concluído esta semana pelos parlamentares do estado, que apoiam o governo do presidente em exercício Michel Temer (PMDB). A bancada se reuniu e ficou decidido que os aliados que já possuíam cargos manterão as indicações anteriores e os demais cargos serão mais uma vez divididos.

De acordo com o deputado federal Rodrigo Martins (PSB), os aliados esperam pelo fim do processo de “interinidade” do presidente Temer. “Acredito que tudo será resolvido nesta semana. Sabemos que o presidente ainda encontra-se de forma interina. Mas acreditamos que não tem como Dilma Rousseff retornar o cargo”, declarou.

O presidente nacional do PP, senador Ciro Nogueira, mantém a indicação na Codevasf. A deputada federal Iracema Portella (PP) continua com o DNOCS – Departamento Nacional de Obras Contra a Seca. Os dois deixaram a base de apoio à presidente afastada Dilma Rousseff (PT), após votarem a favor do impeachment.

PSB COM MAIS CARGOS

O PSB será o partido com mais cargos no Piauí. O deputado Rodrigo Martins (PSB) indicará um nome para o MDA -Ministério do Desenvolvimento Agrário e para a Chesf. Átila Lira (PSB) ficará com a Funasa - Fundação Nacional da Saúde. O deputado Heráclito Fortes, apontado pela senadora Regina Sousa (PT) como mentor do “golpe contra Dilma”, indicará nomes para o Ibama e o SPU- Serviço do Patrimônio da União.

O presidente estadual do PSD, deputado Júlio César, que rompeu com Dilma ao votar pelo impeachment, também terá cargos no novo governo. Ele indicará um nome para o INCRA e para os Correios.

Os deputados Marcelo Castro e Paes Landim continuam com os cargos que indicaram ainda no governo Dilma. Marcelo segue com a Conab e Infraero e Paes Landim com o Ministério da Agricultura. O mesmo ocorre com o senador Elmano Ferrer que permanece com a indicação no DNIT- Departamento Nacional de Infraestrutura e Transporte. . 

Comentários (0)

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.


Nome:
mensagem:
Notícias relacionadas
WELLINGTON ACEITA SUGESTÃO DE CIRO DE FAZER PESQUISA PARA DEFINIR VICE
WELLINGTON ACEITA SUGESTÃO DE CIRO DE FAZER PESQUISA PARA DEFINIR VICE
GOVERNO TEM PRESSA NA FORMAÇÃO DAS COMISSÕES
GOVERNO TEM PRESSA NA FORMAÇÃO DAS COMISSÕES
“MAIORES PARTIDOS DEVEM FICAR COM AS VAGAS MAJORITÁRIAS”, DIZ MARCELO CASTRO
“MAIORES PARTIDOS DEVEM FICAR COM AS VAGAS MAJORITÁRIAS”, DIZ MARCELO CASTRO
“É CHOVER NO MOLHADO”, DIZ FIRMINO SOBRE DECLARAÇÕES DE JEOVÁ
“É CHOVER NO MOLHADO”, DIZ FIRMINO SOBRE DECLARAÇÕES DE JEOVÁ