Coluna Gustavo Almeida Política Dinâmica
EMPRÉSTIMO
WELLINGTON TENTA CONSERTAR FALA DE REJANE

GOVERNADOR DIZ QUE PRIMEIRA-DAMA NÃO FALOU QUE ESPERA DINHEIRO DO EMPRÉSTIMO PARA FAZER PAGAMENTO DO TRANSPORTE ESCOLAR

19/04/2018 12:35 - Atualizado em 20/04/2018 07:40

Governador tentou consertar fala de Rejane (Foto: Jailson Soares/PoliticaDinamica.com)

O governador Wellington Dias (PT) falou nesta quinta-feira (19) sobre a entrevista onde a primeira-dama Rejane Dias admite que espera a liberação de recursos do empréstimo da Caixa para pagar dívidas do transporte escolar, o que é proibido pelo contrato. A entrevista foi concedida na semana passada ao jornalista Edjalma Borges, em Brasília, e repercutida pelo Política Dinâmica esta semana. Apesar da gravação, Wellington nega que ela tenha admitido e diz que Rejane falou outra coisa.

"Não. Ela nunca falou isso. Ela disse que quando se trabalha o desequilíbrio financeiro, porque não é só o empréstimo, estão impedindo recursos da educação, estão impedindo... ou seja, é um deliberado trabalho para inviabilizar o estado. O que ela quis dizer foi isso. Na verdade quando a gente atinge todas as áreas do estado... você atinge todas as áreas. E lamentavelmente é o que eu estou vendo agora. Felizmente, acho que a lei vai prevalecer e vamos vencer", explicou.

RELEMBRE
Na entrevista, o jornalista Edjalma Borges questionou Rejane, que deixou a Secretaria de Educação no mês passado, sobre os atrasos no pagamento do transporte escolar, serviço que está parado em vários municípios. Ao responder, a petista mencionou que é importante a liberação do empréstimo, momento em que o jornalista, no meio da resposta, emendou: "E como está aí essa questão da liberação do empréstimo da Caixa?". A resposta foi a seguinte.

"Por isso essa questão do empréstimo é muito importante. A oposição tem batido muito no empréstimo, né? Mas o estado do Piauí precisa desse recurso. A gente não pode se dar ao luxo de tá perdendo recursos como esse. São poucos os estados do Brasil que têm condições de pedir empréstimo e um deles é o estado do Piauí. É exatamente pra quê? Pra sanar contas como essa, a questão do transporte escolar, as obras… Para também não paralisarem, e assim por diante", falou.

Comentários (0)

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.


Nome:
mensagem:
Notícias relacionadas
CRÍTICA
VEREADOR DIZ QUE FIRMINO DEU CALOTE EM MORADORES
VEREADOR DIZ QUE FIRMINO DEU CALOTE EM MORADORES
TOPIQUE
CPI DO TRANSPORTE ESCOLAR
CPI DO TRANSPORTE ESCOLAR
ATRITO
JEOVÁ DIZ QUE CÂMARA FOI EXCLUÍDA DE CELEBRAÇÕES
JEOVÁ DIZ QUE CÂMARA FOI EXCLUÍDA DE CELEBRAÇÕES
É DIFERENTE!
VOTAR NÃO É APOIAR
VOTAR NÃO É APOIAR