Coluna Gustavo Almeida Política Dinâmica
COR/RAÇA
UM AMARELO E UM INDÍGENA

APENAS DOIS CANDIDATOS DECLARAM À JUSTIÇA ELEITORAL SEREM INDÍGENA E/OU AMARELO NO ESTADO DO PIAUÍ; MAIORIA SE DIZ PARDA E BRANCA

18/09/2018 11:24 - Atualizado em 18/09/2018 11:37

Leandro Aquino (à esquerda) e Waldilio Siso são filiados ao PSOL (Foto: Divulgação/TRE)

Apenas dois candidatos se declararam como indígena e/ou amarelo no quesito cor/raça nas eleições de 2018 no Piauí. Ambos são filiados ao Partido Socialismo e Liberdade (PSOL). Leandro Aquino, candidato a deputado federal, se declarou amarelo. Já Waldilio Siso, candidato a suplente de senador de Jesus Rodrigues, se declarou como indígena.

Os dois já tiveram o registro de suas candidaturas deferido pela Justiça Eleitoral. Leandro Aquino, que se declarou amarelo, é natural de João Pessoa-PB, tem 35 anos e possui ensino médio completo. Waldilio Siso, o indígena, é natural de Teresina, vai completar 35 anos em novembro, possui ensino superior completo e é professor universitário.

Conforme a Justiça Eleitoral, 49,43% dos políticos que pediram registro de candidatura no Piauí para as eleições de 2018 se declaram pardos, 39,59% se dizem brancos, 10,53% se consideram pretos, 0,23% amarelo (apenas Leandro Aquino) e 0,23% indígena (apenas Waldilio Siso). Ao todo, 437 políticos pediram registro de candidatura no estado.

Comentários (0)

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.


Nome:
mensagem:
Notícias relacionadas
PARLAMENTO
EM 196 ANOS, 15 MULHERES FORAM ELEITAS PARA ALEPI
EM 196 ANOS, 15 MULHERES FORAM ELEITAS PARA ALEPI
PIAUIENSE
SITE COLOCA CIRO COMO PROVÁVEL CANDIDATO À PRESIDÊNCIA DO SENADO
SITE COLOCA CIRO COMO PROVÁVEL CANDIDATO À PRESIDÊNCIA DO SENADO
APOIO
ELMANO JUNTO COM BOLSONARO
ELMANO JUNTO COM BOLSONARO
AGENDA
HADDAD NO PIAUÍ
HADDAD NO PIAUÍ