Coluna Gustavo Almeida Política Dinâmica
RÉU NA TOPIQUE E 8º SUPLENTE: PAULO MARTINS É EMPOSSADO

EX-PREFEITO DE CAMPO MAIOR TOMA POSSE NO MOMENTO EM QUE O GOVERNO ESTADUAL DIZ QUE ESTÁ SE ESFORÇANDO PARA REDUZIR DESPESAS

15/04/2020 12:14 - Atualizado em 15/04/2020 12:50

Paulo Martins é mais um suplente empossado (Foto: Reprodução/Facebook)

Um dia depois de anunciar redução temporária de alguns gastos no governo do Piauí por conta da pandemia da Covid-19, o governador Wellington Dias (PT) mandou para a Assembleia Legislativa mais uma grande despesa. O petista Paulo Martins, réu na operação Topique e oitavo suplente, tomou posse nesta quarta-feira (15).

Cada suplente empossado é mais gasto para o Estado, pois o Poder Público tem que bancar o titular, o suplente e seus assessores. Paulo Martins foi empossado por meio de sessão virtual e assume a vaga de Fábio Xavier (PL), que deixou a Assembleia para voltar à Secretaria das Cidades (Secid). A troca é uma manobra política do governador.

Derrotado nas eleições de 2018, Paulo Martins é uns dos alvos da Operação Topique, que investiga um robusto esquema criminoso na Educação do Piauí. Ele era prefeito de Campo Maior, o berço da operação, e foi a partir de um contrato fraudulento na gestão de Martins que a Polícia Federal desencadeou a investigação do esquema criminoso.

Gestão de Paulo foi o berço da Topique (Foto: Jailson Soares/PoliticaDinamica.com)

A tentativa do governo de passar para a população que está se esforçando para reduzir despesas nesse momento de crise de saúde se esbarra em fatos como a posse de Paulo Martins. Em 2018, os piauienses elegeram 30 deputados estaduais, mas na prática bancam quase 40. Se juntar tanto suplente empossado pelo governador, já é possível lotar uma topique. 

Notícias relacionadas
EMPRESÁRIOS FAZEM MANIFESTAÇÃO PELA REABERTURA DO COMÉRCIO
EMPRESÁRIOS FAZEM MANIFESTAÇÃO PELA REABERTURA DO COMÉRCIO
"LIBERDADE DE IMPRENSA NÃO É CONSTRUÍDA POR ROBÔS"
PREFEITO DECRETA LOCKDOWN EM CIDADE DO PIAUÍ
PREFEITO DECRETA LOCKDOWN EM CIDADE DO PIAUÍ
APÓS CRÍTICAS, GUEDES RESOLVE PENSAR NOS PEQUENOS NEGÓCIOS
APÓS CRÍTICAS, GUEDES RESOLVE PENSAR NOS PEQUENOS NEGÓCIOS