Coluna Gustavo Almeida Política Dinâmica
CRÍTICA
"TRANSPORTE SEM TRANSPORTE NÃO É TRANSPORTE"

FRASE FOI DITA POR VEREADOR AO CRITICAR TRANSTORNOS REGISTRADOS NO PRIMEIRO DIA DO NOVO SISTEMA DE TRANSPORTE PÚBLICO DE TERESINA

20/03/2018 13:43 - Atualizado em 20/03/2018 13:57

Vereador Joaquim do Arroz fez críticas (Foto: Jailson Soares/PoliticaDinamica.com)

O novo sistema de transporte público de Teresina dominou as discussões na sessão da Câmara Municipal nesta terça-feira (20). Vereadores da base aliada ao prefeito Firmino Filho (PSDB) defenderam o novo modelo, enquanto alguns parlamentares da oposição criticaram a mudança.

Os transtornos enfrentados por passageiros no primeiro dia útil de funcionamento do novo sistema foram mencionados pela oposição. Joaquim do Arroz (PRP) foi um dos que criticaram e para justificar pronunciou a seguinte frase. "Transporte sem transporte não é transporte".

Segundo ele, não adianta ter um novo modelo em funcionamento na cidade se a frota de ônibus em circulação ainda é insuficiente. O vereador avalia que ainda há muito o que melhorar.

MAIORIA APROVA
Apesar das críticas dos opositores, os vereadores da base elogiaram e apontaram que o sistema implantado é um dos melhores do Brasil. Todos destacaram que os transtornos do primeiro dia são normais, pois decorrem da adaptação dos passageiros ao novo modelo.

"É muito bonito chegar aqui e gritar, torcer para não dar certo. Eu torço para que dê certo e acredito que será um dos melhores sistemas", defendeu o vereador Luiz Lobão (MDB).

Nilson Cavalcante defendeu o prefeito (Foto: Jailson Soares/PoliticaDinamica.com)

Já o vereador Nilson Cavalcante (PT do B) disse que a oposição torce contra. "Aqui não tem ninguém desesperado. Se tiver desespero é da oposição que torce para tudo dar errado, para que a frota não seja renovada nunca e que os ônibus continuem a dar o prego", falou.

Comentários (2)

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.


Nome:
mensagem:
    Luiz Henrique em 21 de março de 2018 às 08:03

    Rapaz que bandido não tem limite, o joaquim do arroz se supera.

    Carmem Lucia em 21 de março de 2018 às 08:03

    Joaquim do arroz só não é mais bandido porque só é um.

Notícias relacionadas
ELEIÇÕES 2018
QUASE 30% DOS CANDIDATOS NO PI SÃO SOLTEIROS
QUASE 30% DOS CANDIDATOS NO PI SÃO SOLTEIROS
ELEIÇÕES 2018
VOTOS DE DOM INOCÊNCIO SERÃO APURADOS COM MAIS RAPIDEZ
VOTOS DE DOM INOCÊNCIO SERÃO APURADOS COM MAIS RAPIDEZ
COR/RAÇA
UM AMARELO E UM INDÍGENA
UM AMARELO E UM INDÍGENA
CURTIDAS
FORTE NAS REDES SOCIAIS
FORTE NAS REDES SOCIAIS