Coluna Gustavo Almeida Política Dinâmica
MAIA E WELLINGTON
SEM QUESTÕES IDEÓLOGICAS

AO LADO DE WELLINGTON DIAS, DEPUTADO RODRIGO MAIA DEFENDE UNIÃO DE TODOS EM TORNO DE PAUTAS SEM QUESTÕES DE CUNHO IDEÓLOGICO

08/01/2019 14:06 - Atualizado em 08/01/2019 14:22

Wellington e Maia reunidos em Teresina (Foto: Jailson Soares/PoliticaDinamica.com)

Após a reunião com o governador Wellington Dias (PT) e com boa parte da bancada federal do Piauí, o presidente da Câmara Rodrigo Maia (DEM-RJ) defendeu a união de todos em torno de pautas sem questões ideológicas. Segundo ele, é preciso compreender o sentimento de toda a sociedade brasileira e pactuar agendas entre o governo federal, os estados e os municípios.

"Pactuando as agendas, nós conseguiremos superar esse momento de dificuldade em dois pontos fundamentais: contas públicas, começando pela Previdência, e segurança pública. Acho que temos condições, independente do partido de cada um, de que a Câmara e o Senado tenha uma relação de diálogo com a Federação e que a gente possa ser instrumento de articulação para que tenhamos pautas que saiam da questão ideológica e que tenham um objetivo específico: que o estado brasileiro volte a ter capacidade de investir", falou.

Deputado carioca veio buscar apoio no Piauí (Foto: Jailson Soares/PoliticaDinamica.com)

Maia disse que saiu satisfeito do encontro com Wellington e com os deputados federais do Piauí. Iracema Portella (PP) e Marina Santos (PTC) não compareceram. A reunião aconteceu na sala de reuniões da residência oficial do governador. Apesar de ter vindo buscar apoio para sua reeleição à presidência da Câmara, Maia evitou dizer que veio em campanha.

"Na hora adequada nós vamos discutir a eleição para a presidência da Câmara. Óbvio que discutimos a conjuntura, o que cada um pensa e isso gera impacto na decisão de votar ou não. Mas a decisão da eleição fica mais para o final do mês", falou.

Comentários (0)

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.


Nome:
mensagem:
Notícias relacionadas
OPOSIÇÃO?
LUCY SOBE O TOM CONTRA O GOVERNO
LUCY SOBE O TOM CONTRA O GOVERNO
REFORMA
OS SUPERVISORES FICAM!
OS SUPERVISORES FICAM!
COMISSÃO
OPOSIÇÃO DERROTA GOVERNO E FICA COM COMISSÃO
OPOSIÇÃO DERROTA GOVERNO E FICA COM COMISSÃO
INSATISFAÇÃO
BRIGA POR VOTO E CONTRACHEQUE DA FMS
BRIGA POR VOTO E CONTRACHEQUE DA FMS