Coluna Gustavo Almeida Política Dinâmica
MAIA E WELLINGTON
SEM QUESTÕES IDEÓLOGICAS

AO LADO DE WELLINGTON DIAS, DEPUTADO RODRIGO MAIA DEFENDE UNIÃO DE TODOS EM TORNO DE PAUTAS SEM QUESTÕES DE CUNHO IDEÓLOGICO

08/01/2019 14:06 - Atualizado em 08/01/2019 14:22

Wellington e Maia reunidos em Teresina (Foto: Jailson Soares/PoliticaDinamica.com)

Após a reunião com o governador Wellington Dias (PT) e com boa parte da bancada federal do Piauí, o presidente da Câmara Rodrigo Maia (DEM-RJ) defendeu a união de todos em torno de pautas sem questões ideológicas. Segundo ele, é preciso compreender o sentimento de toda a sociedade brasileira e pactuar agendas entre o governo federal, os estados e os municípios.

"Pactuando as agendas, nós conseguiremos superar esse momento de dificuldade em dois pontos fundamentais: contas públicas, começando pela Previdência, e segurança pública. Acho que temos condições, independente do partido de cada um, de que a Câmara e o Senado tenha uma relação de diálogo com a Federação e que a gente possa ser instrumento de articulação para que tenhamos pautas que saiam da questão ideológica e que tenham um objetivo específico: que o estado brasileiro volte a ter capacidade de investir", falou.

Deputado carioca veio buscar apoio no Piauí (Foto: Jailson Soares/PoliticaDinamica.com)

Maia disse que saiu satisfeito do encontro com Wellington e com os deputados federais do Piauí. Iracema Portella (PP) e Marina Santos (PTC) não compareceram. A reunião aconteceu na sala de reuniões da residência oficial do governador. Apesar de ter vindo buscar apoio para sua reeleição à presidência da Câmara, Maia evitou dizer que veio em campanha.

"Na hora adequada nós vamos discutir a eleição para a presidência da Câmara. Óbvio que discutimos a conjuntura, o que cada um pensa e isso gera impacto na decisão de votar ou não. Mas a decisão da eleição fica mais para o final do mês", falou.

Comentários (0)

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.


Nome:
mensagem:
Notícias relacionadas
NÃO SERIA BOM!
ELMANO NÃO QUER RENAN CALHEIROS
ELMANO NÃO QUER RENAN CALHEIROS
VEREADORES
CASAL NO PARLAMENTO
CASAL NO PARLAMENTO
CRÍTICA
FÁBIO SÉRVIO CHAMA WELLINGTON DE “CARA DE PAU”
FÁBIO SÉRVIO CHAMA WELLINGTON DE “CARA DE PAU”
OPINIÃO
QUANDO A CONTRADIÇÃO ENFRAQUECE A RENOVAÇÃO
QUANDO A CONTRADIÇÃO ENFRAQUECE A RENOVAÇÃO