Coluna Gustavo Almeida Política Dinâmica
RESULTADO
ÔNIBUS SÃO DEVOLVIDOS À GRANDE SANTA MARIA

APÓS REAÇÃO DA COMUNIDADE E INTERVENÇÃO DA CÂMARA MUNICIPAL, EMPRESA RECOLOCA ÔNIBUS EM CIRCULAÇÃO NA ZONA NORTE DE TERESINA

01/05/2018 22:21 - Atualizado em 01/05/2018 23:29

Jovem Ismael Silva iniciou reivindicações (Foto: Jailson Soares/PoliticaDinamica.com)

No dia 13 de abril moradores da região da Grande Santa Maria da Codipi foram pegos de surpresa com a retirada de 15 ônibus da frota que atende os usuários da região. Os veículos, conforme relatos de quem mora na comunidade, eram justamente alguns dos que tinham ar-condicionado, o que aumentou a indignação dos moradores.

Um dos primeiros a se manifestar sobre a situação foi o jovem suplente de vereador Ismael Silva (PSD), conhecido por encabeçar lutas em defesa dos bairros da Grande Santa Maria da Codipi. O assunto logo chegou à Câmara Municipal de Teresina e alguns parlamentares cobraram respostas da Prefeitura e da empresa sobre o recolhimento dos veículos.

No último dia 23, uma audiência pública proposta conjuntamente pelos vereadores Joaquim do Arroz (PRP), Cida Santiago (PHS), Deolindo Moura (PT), Ítalo Barros (PTC), Luís André (PSL), Pedro Fernandes (PRP), Dr. Lázaro (PPS), Venâncio (PP) e Gustavo Gaioso (PTC) discutiu o tema e aumentou a pressão para que os veículos voltassem a circular. Moradores da região também participaram do debate.

A partir dos encaminhamentos da audiência, alguns vereadores e o suplente Ismael Silva também foram até o Consórcio Poty em busca de uma solução para o impasse. Depois das incessantes cobranças, no fim de semana a empresa recolocou, assim como havia se comprometido na audiência pública, os 15 ônibus de volta nos itinerários da região.

Vereador Joaquim do Arroz celebrou retorno dos ônibus (Foto: Divulgação/Assessoria)

O vereador Joaquim do Arroz destacou a importância da realização de audiências públicas nas comunidades, como foi o caso da que discutiu a retirada dos ônibus na Santa Maria da Codipi. Ele lembra que o trabalho da Câmara Municipal não se resume apenas às sessões cotidianas em plenário e ressaltou o papel dos vereadores na defesa dos interesses das comunidades.

“Muitas pessoas acham que o trabalho da Câmara se resume àquelas sessões de terça a quinta-feira. Mas a Câmara trabalha muito mais externamente, inclusive com audiências públicas dentro das comunidades, discutindo temas como legalização fundiária, transporte urbano, segurança, saúde, invasões, reformas e muitas outras coisas. As audiências públicas, quando levadas ao pé da letra, talvez deem mais resolutividade aos problemas do que a própria discussão dentro da Casa”, falou.

Comentários (0)

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.


Nome:
mensagem:
Notícias relacionadas
SOLENIDADE
O 17 PROIBIDO
O 17 PROIBIDO
PARLAMENTO
ALEPI TEVE IRMÃOS DEPUTADOS AO MESMO TEMPO
ALEPI TEVE IRMÃOS DEPUTADOS AO MESMO TEMPO
VOTAÇÃO
FARTO NA FARTURA
FARTO NA FARTURA
PARLAMENTO
EM 196 ANOS, 15 MULHERES FORAM ELEITAS PARA ALEPI
EM 196 ANOS, 15 MULHERES FORAM ELEITAS PARA ALEPI