Coluna Gustavo Almeida Política Dinâmica
“NÃO TINHA SOLIDARIEDADE NO PSB”

SOCIÓLOGO DEIXA PARTIDO APÓS 24 ANOS DE FILIAÇÃO E SE FILIA AO SOLIDARIEDADE VISLUMBRANDO CANDIDATURA A VEREADOR NAS ELEIÇÕES DE 2020

24/05/2019 15:54 - Atualizado em 24/05/2019 16:15

Messias Júnior agora é do Solidariedade (Foto: Jailson Soares/PoliticaDinamica.com)

O sociólogo Messias Júnior se filiou nesta sexta-feira (24) ao Solidariedade. Ele chega a um novo partido depois de 24 anos filiado ao PSB. A assinatura da ficha ocorreu no gabinete do deputado estadual e presidente regional do Solidariedade Evaldo Gomes, na Assembleia.

Em entrevista ao Política Dinâmica, Messias disse que não foi fácil deixar o PSB, mas tomou a decisão por estar se sentindo "um peixe fora d’água" na legenda. Segundo ele, não estava tendo solidariedade no PSB e o partido vinha errando bastante. Por isso, decidiu sair.

"Foram 24 anos de PSB e não foi fácil sair. Deixo muitos amigos, inclusive nacionalmente. Meu filho nasceu dentro desses 24 anos, hoje ele tem 12, e o nome dele é Miguel em homenagem a Miguel Arraes. Então não foi fácil essa saída. No entanto, eu estava me sentindo um peixe fora d’água no PSB local. Não estava havendo solidariedade e o partido vinha errando", falou.

Sociólogo deixou o PSB após 24 anos (Foto: Jailson Soares/PoliticaDinamica.com)

Como exemplo dos erros, Messias citou a última eleição municipal, quando o partido tinha três vereadores e acabou não elegendo nenhum para a atual legislatura. Ainda conforme o sociólogo, o partido erra ao não valorizar as bases. Apesar disso, ele garante que deixa o PSB sem rancor de nenhum dos ex-companheiros e ainda desejou que o partido volte a crescer.

VELHO CONHECIDO DE EVALDO
Após assinar a ficha de filiação ao Solidariedade, Messias elogiou o deputado estadual Evaldo Gomes, de quem é conhecido desde os tempos de estudante no Liceu Piauiense.

"O Evaldo militou comigo. O conheci há 30 anos no grêmio do Liceu Piauiense e militamos no movimento estudantil. Aqui, os companheiros me receberam com solidariedade", disse.

Messias em seu 1º discurso no novo partido (Foto: Jailson Soares/PoliticaDinamica.com)

CANDIDATURA A VEREADOR
Messias não assegura que será candidato a vereador no próximo ano, mas disse que nome será colocado à disposição do partido para uma eventual disputa pela Câmara Municipal. De início, ele chega para cuidar da Fundação 1º de Maio, entidade de formação política do Solidariedade que está sendo trazida para o Piauí pelo presidente Evaldo Gomes.

"Chego como soldado do partido. O deputado Evaldo está trazendo a fundação de formação política e quer que eu ajude a organizar. Venho nesse primeiro momento para ajudar nessa fundação e claro, se estou filiado, tenho que colocar o nome à disposição para a disputa de vereador. No momento oportuno colocarei meu nome à disposição do teresinense", avisou.

Comentários (1)

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.


Nome:
mensagem:
    Pedro em 25 de maio de 2019 às 02:05

    Messias nunca teve afinidade com governador Wilson Martins. Pergunta que não quer calar pq ele não saiu do partido quando Wilson era governador . Wilson hj não tem mandato pq deu vez esse pessoal ir nunca esteve com ele...

Notícias relacionadas
“NÃO ME ASSOCIO A QUADRILHAS”
“NÃO ME ASSOCIO A QUADRILHAS”
BANDIDAGEM E PISTOLAGEM
BANDIDAGEM E PISTOLAGEM
CIRO COMPARTILHA POSTAGEM DE BOLSONARO
CIRO COMPARTILHA POSTAGEM DE BOLSONARO
NÃO SE GANHA PERDENDO
NÃO SE GANHA PERDENDO