Coluna Gustavo Almeida Política Dinâmica
VAGA DE VICE
“NÃO HÁ MOTIVOS PARA MEXER”

DEPUTADO HÉLIO ISAÍAS DEFENDE PERMANÊNCIA DE MARGARETE NA CHAPA E LEMBRA QUE O PROGRESSISTAS NÃO AMEAÇA SAIR DA BASE

09/04/2018 13:13 - Atualizado em 10/04/2018 07:43

Deputado quer Margarete como vice (Foto: Jailson Soares/PoliticaDinamica.com)

O deputado estadual Hélio Isaías (Progressistas) falou nesta segunda-feira (9) sobre a disputa entre seu partido e o MDB pela vaga de vice na chapa de Wellington Dias (PT). Cunhado da atual vice-governadora Margarete Coelho, ele disse que não há razões para que ela fique de fora da composição majoritária encabeçada pelo petista.

"Vamos continuar fazendo a reivindicação que o partido sempre fez, que é manter a mesma chapa de 2014 com a presença da vice-governadora Margarete Coelho. Entendemos que o trabalho que ela tem feito como vice-governadora contribuiu muito na gestão do governador Wellington Dias e então não há motivos para mexer", disse.

De acordo com Hélio Isaías, o Progressistas confia no governador para que ele mantenha Margarete na vaga. No entanto, fez questão de lembrar que o partido não impõe a permanência dela como fator condicionante para ficar na base aliada. A fala é uma leve alfinetada do MDB, onde algumas alas adotam discurso ameaçador.

"O partido tem tido essa posição sempre firme, não condicionando a questão somente da vice para apoiar o governador Wellington Dias. Reiteradas vezes o nosso presidente, senador Ciro Nogueira, tem dito que apoia ele na sua reeleição", falou o deputado.

Comentários (0)

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.


Nome:
mensagem:
Notícias relacionadas
ROUBO NA MERENDA
PF VAI APURAR EMPENHOS EMITIDOS ATÉ 2018
PF VAI APURAR EMPENHOS EMITIDOS ATÉ 2018
ALIADO
HENRIQUE PIRES SAI EM DEFESA DE TEMER
HENRIQUE PIRES SAI EM DEFESA DE TEMER
PRISÃO
PARA REGINA, HÁ PROVAS CONTRA TEMER; CONTRA LULA, NÃO
PARA REGINA, HÁ PROVAS CONTRA TEMER; CONTRA LULA, NÃO
OPERAÇÃO
BOCA LIVRE: PF PEDIU PRISÕES, MAS JUSTIÇA NEGOU
BOCA LIVRE: PF PEDIU PRISÕES, MAS JUSTIÇA NEGOU