Coluna Gustavo Almeida Política Dinâmica
“EU E MEU POVO TEMOS FERIDAS”

EX-ALIADO DE FIRMINO FILHO REVELA MÁGOA COM O PREFEITO DA CAPITAL, DIZ QUE FOI VÍTIMA DE UMA COVARDIA E FALA QUE ACEITA CONVERSAR

17/05/2019 12:45 - Atualizado em 17/05/2019 13:30

Major ainda não digeriu atrito com Firmino (Foto: Jailson Soares/PoliticaDinamica.com)

O vereador major Paulo Roberto (Solidariedade) não esconde sua mágoa com o prefeito de Teresina, Firmino Filho (PSDB). Ex-integrante da base do tucano, o major contou que seu problema com o prefeito não foi resolvido e que o fato do Solidariedade hoje estar aliado do gestor não o faz membro da situação. Paulo Roberto disse que Firmino não foi correto com ele no passado e que o comportamento do prefeito deixou feridas nele e no povo dele.

"Não tem nada resolvido [entre eu e o prefeito]. O prefeito Firmino, no meu ponto de vista, não foi correto no que ele fez comigo no passado. Ele diz que tem feridas, mas feridas quem tem somos nós, eu e o meu povo, que votamos nele desde que ele foi candidato a primeira vez. Eu transferi votos para o Firmino, eu não comprei votos para transferir para ele. Não cabe a mim discutir a volta [para a base], cabe a ele", falou o vereador.

Desde a chegada do deputado Evaldo Gomes à presidência do Solidariedade no Piauí, o partido entrou oficialmente na base do prefeito, inclusive indicando cargo. Diante da situação, o major afirma que segue fora da base, mas pondera que aceita conversar se o partido, através do presidente municipal, mandar chamá-lo para apoiar a gestão no Legislativo Municipal. Pessoalmente, ele garante que se manterá contra.

"Eu estou aqui na Câmara. Se o Solidariedade mandar me chamar, me oficializar através do Executivo Municipal e através do presidente municipal, que até hoje eu não sei quem é, aí sim eu voto a favor [da prefeitura] ou me abstenho para ninguém dizer que eu estou fazendo oposição. Se o partido me chamar e disser que nós temos que apoiar os projetos descentes do prefeito, sem dúvida terá nosso apoio. Mas em relação à minha pessoa física, a oposição é clara. Até hoje eu não aceitei a covardia com que eu e o meu povo nós fomos tratados", falou.

Sem querer entrar em detalhes sobre os fatos que considerou como covardia do prefeito, Paulo Roberto destacou que Firmino já precisou dele e avisou que poderá precisar de novo no futuro. "A pessoa física, o major Paulo Roberto, não está nada satisfeita com o prefeito. Mas tudo bem. Ele já precisou de mim no passado. Só Deus sabe o futuro", finalizou.

Comentários (0)

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.


Nome:
mensagem:
Notícias relacionadas
O STF MANDA TRANCAR
O STF MANDA TRANCAR
ESCOLHEU A PERSPECTIVA DE PODER
ESCOLHEU A PERSPECTIVA DE PODER
NÃO É COMIGO NÃO
NÃO É COMIGO NÃO
ELES NÃO SABEM
ELES NÃO SABEM