Coluna Gustavo Almeida Política Dinâmica
MÉDICOS CUBANOS
“ELES NÃO MERECEM ISSO”

SENADOR ELEITO E EX-MINISTRO DA SAÚDE, MARCELO CASTRO FALA SOBRE SAÍDA DOS MÉDICOS CUBANOS DO BRASIL E DECLARAÇÃO DE ROBERT RIOS

19/11/2018 14:25 - Atualizado em 19/11/2018 14:34

Marcelo Castro é ex-ministro da Saúde (Foto: Jailson Soares/PoliticaDinamica.com)

O deputado federal e senador eleito Marcelo Castro (MDB) defendeu nesta segunda-feira (19) o trabalho dos médicos cubanos no Brasil. O emedebista também comentou sobre postagem do deputado estadual Robert Rios (DEM) na internet em que ele chama os profissionais de Cuba de "curandeiros". Sem querer entrar em confronto com Robert, o senador eleito se limitou a dizer que os cubanos não merecem esse tipo de classificação.

"Eu acho que eles não merecem isso [serem chamados de curandeiros]. Os médicos cubanos têm uma boa formação e podemos pegar o testemunho da população que, de 100% que eu conheço, é satisfeita com eles. O problema não é o tratamento dos médicos cubanos, e sim como eles vão ser substituídos. Porque uma cidade que nunca teve médico e tem agora, essa cidade não vai se conformar de não ter mais um médico tratando a população", falou.

Marcelo Castro foi ministro da Saúde no segundo governo Dilma Rousseff (PT) e disse que durante sua passagem pelo ministério recebeu centenas de prefeitos e todos eles eram extremamente satisfeitos com o trabalho dos profissionais cubanos. Para o senador eleito, a questão foi mal conduzida pelo futuro governo de Jair Bolsonaro (PSL), que desencadeou a decisão de Cuba de chamar de volta os mais de 8 mil médicos do país que atuam no Brasil.

"Na minha opinião essa foi uma questão mal conduzida e que vai trazer prejuízos para a saúde da população. Eu recebi no Ministério da Saúde centenas ou talvez milhares de prefeitos. Nunca eu encontrei um prefeito que não fosse 100% satisfeito com o trabalho dos cubanos. Nunca encontrei uma pessoa da população que não fosse satisfeita com eles. Por que? Porque o cubano resgata aquela cultura antiga que nós tínhamos do médico de família. Ele mora na cidade e está disponível 24 horas. Como eles têm mais tempo, eles tratam bem as pessoas, medem a pressão e terminam formando uma relação médico-paciente muito próxima. Por isso população é 100% satisfeita com os cubanos", argumentou.

Comentários (0)

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.


Nome:
mensagem:
Notícias relacionadas
REGULAMENTAÇÃO
FIRMINO CONDENA MENTIRAS CONTRA PL DO UBER
FIRMINO CONDENA MENTIRAS CONTRA PL DO UBER
ALFINETADA
PARA CIRO, MDB QUER O IMPOSSÍVEL
PARA CIRO, MDB QUER O IMPOSSÍVEL
ASSEMBLEIA
“SE TIVER DISPUTA, HAVERÁ RANHURAS”, AVISA CASTRO
“SE TIVER DISPUTA, HAVERÁ RANHURAS”, AVISA CASTRO
DISPUTA NA BASE
CIRO DIZ QUE HÉLIO É O CANDIDATO DA BASE
CIRO DIZ QUE HÉLIO É O CANDIDATO DA BASE