Coluna Gustavo Almeida Política Dinâmica
“ELE NÃO QUIS FICAR NO BANCO DE RESERVAS”

FIRMINO FILHO FALA SOBRE IDA DE RENATO BERGER PARA O PSD, LAMENTA SAÍDA DO EX-VEREADOR E DESEJA FELICIDADES A ELE NO NOVO TIME

08/07/2019 13:53 - Atualizado em 08/07/2019 14:19

Firmino falou sobre baixa em sua base aliada (Foto: Jailson Soares/PoliticaDinamica.com)

O prefeito de Teresina Firmino Filho (PSDB) lamentou nesta segunda-feira (8) a saída do ex-vereador Renato Berger do seu grupo político. Berger se filiou nesta segunda ao PSD e vai apoiar a pré-candidatura do deputado estadual Georgiano Neto para prefeito da capital. Ao falar da saída do ex-aliado, Firmino disse que ele não aceitou ficar no banco de reservas.

"O Renato já teve muita coisa no nosso grupo e ele, obviamente, se continuasse, teria outras tantas coisas. Mas infelizmente ele não quis temporariamente ficar no banco de reservas e resolveu buscar outro time. A gente respeita, deseja que ele seja feliz", falou.

Firmino lembrou que Berger estava no grupo político dele desde 1996, quando disputou pela primeira vez a Prefeitura de Teresina.  O tucano citou vários cargos que o ex-vereador ocupou e lamentou o fato dele ter saído na primeira vez que ficou sem algum espaço.

"A gente lamenta muito no ponto de vista pessoal a saída do Renato. Independente da política, o Renato é um grande amigo, está conosco desde 1996 [...] Foi presidente da Câmara duas vezes, secretário municipal três vezes, secretário estadual uma vez. Nos últimos seis anos e meio ele foi seis anos e três meses secretário municipal, apesar de não ter vencido as últimas duas eleições. Então, quem pertence a um time, tem que estar vestindo a camisa de um time. Às vezes, você pode estar na linha de frente, no banco de reservas, trabalhando de gandula, o importante é que você esteja dentro do conjunto", avaliou o prefeito.

Berger (de branco) assinou ficha no PSD (Foto: Gustavo Almeida/PoliticaDinamica.com)

SEM CRÍTICAS
Após se filiar ao PSD, Renato Berger disse ao Política Dinâmica que não vai fazer críticas à gestão do prefeito, já que fez parte dela até bem pouco tempo. Berger destacou que nunca foi o estilo dele fazer críticas a seus oponentes e avisou que chega ao PSD para trabalhar pela eleição dele para vereador e também para apoiar a pré-candidatura de Georgiano Neto a prefeito, sem, no entanto, ser um crítico da administração de Firmino.

Comentários (1)

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.


Nome:
mensagem:
    Ubirajara César de Almeida em 09 de julho de 2019 às 15:07

    o vereador renato berger, é um grande amigo e um politico de primeira classe, que foi morto, discriminado e abandonado politicamente por este prefeito arrogante e prepotente, que vai perder as eleições para o dr. pessoa ou dr. s. mendes, do MDB.

Notícias relacionadas
NO PASSADO, TUDO PODIA
NO PASSADO, TUDO PODIA
TCHAU, PSL!
TCHAU, PSL!
BOLSONARO E A COR ROSA
BOLSONARO E A COR ROSA
GOLPE DENTRO DO PT
GOLPE DENTRO DO PT