Coluna Gustavo Almeida Política Dinâmica
ADVERSÁRIOS
“DEIXA EU TRABALHAR”, DIZ CIRO SOBRE CRÍTICAS

NA CÂMARA MUNICIPAL DE TERESINA, SENADOR AFIRMA QUE ENQUANTO OPOSITORES CRITICAM SUAS AÇÕES, ELE TRABALHA PARA O ESTADO

02/03/2018 13:28 - Atualizado em 02/03/2018 13:47

Senador esteve nesta sexta (2) na Câmara de Teresina, conversou com vereadores e rechaçou críticas (Foto: Jailson Soares/PoliticaDinamica.com)

Após reunião com os vereadores de Teresina na Câmara Municipal nesta sexta-feira (2), o senador Ciro Nogueira (Progressistas) voltou a ser indagado sobre as críticas da oposição que o acusa de fazer solenidades eleitoreiras no Piauí.

Esta semana, os deputados federais Heráclito Fortes (Sem partido) e Rodrigo Martins (PSB) subiram à tribuna da Câmara Federal, em Brasília, para denunciar que o presidente da Caixa Econômica Federal, Gilberto Occhi, indicado de Ciro para o cargo, estaria usando recursos da instituição em eventos eleitoreiros no Piauí.

"Enquanto eles estão fazendo isso, deixa eu trabalhar. Acho que população está vendo o que está acontecendo. Não vou perder tempo com esse tipo de crítica não. Vou continuar trabalhando", respondeu Ciro.

O EVENTO
Na quarta-feira (28), Gilberto Occhi esteve em Teresina participando de evento onde anunciou milhões em recursos da Caixa para o Estado. O evento na APPM teve Ciro Nogueira como protagonista. O senador mobilizou prefeitos e lideranças políticas para o ato. Nos últimos meses, esse tipo de solenidade promovida por Ciro tem se tornado comum no Piauí.

Comentários (0)

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.


Nome:
mensagem:
Notícias relacionadas
INDEFINIDO
NÃO TEM CHAPA FECHADA
NÃO TEM CHAPA FECHADA
PROPOSTA
REJANE QUER ABOLIR EXPRESSÃO “PORTADORES DE DEFICIÊNCIA”
REJANE QUER ABOLIR EXPRESSÃO “PORTADORES DE DEFICIÊNCIA”
ESPAÇOS
REGINA SOUSA NEGA POSSIBILIDADE DE SER VICE; JÁ WELLINGTON, NÃO
REGINA SOUSA NEGA POSSIBILIDADE DE SER VICE; JÁ WELLINGTON, NÃO
OPINIÃO
CHAPA, CHAPINHA, CHAPÃO E ‘CHAU POVO’
CHAPA, CHAPINHA, CHAPÃO E ‘CHAU POVO’