Coluna Gustavo Almeida Política Dinâmica
DISCURSO
FRACASSOS, DIVISÃO, IMATURIDADE E CARA NOVA

EM DISCURSO NA PRESENÇA DE ALCKMIN E LUCIANO, FIRMINO FILHO CAUSA APREENSÃO, CRIA DÚVIDAS, MAS ENCERRA ENALTECENDO OS DOIS TUCANOS

05/05/2018 23:11 - Atualizado em 06/05/2018 00:04

Firmino fez alertas a Luciano Nunes (Foto: Gustavo Almeida/PoliticaDinamica.com)

O prefeito de Teresina, Firmino Filho (PSDB), foi ao evento com o presidenciável Geraldo Alckmin neste sábado (5) na sede do Diretório Estadual do partido na capital [entre alguns tucanos, existiu a fala de que ele não iria] e fez um discurso forte. Começou saudando Geraldo Alckmin como “futuro presidente da República”. Com o deputado estadual Luciano Nunes, pré-candidato do partido ao governo do Piauí, ele não fez a mesma profecia.

Diante de Geraldo Alckmin, Firmino condenou a divisão política entre “coxinhas e mortadelas” e, em tom duro, defendeu a necessidade de se construir consenso no país. Para ele, a Nação não pode ficar dividida entre “vermelhos e azuis” enquanto os problemas só aumentam. Firmino lamentou que o Brasil hoje seja um país de divisão e não de união, de guerra e não de paz, de ódio, de rancor, de vingança e não de paz, amor e solidariedade.

FRACASSOS NO PIAUÍ E ALERTA A LUCIANO
Ele destacou a história de sucesso do PSDB na capital, onde o partido venceu as últimas sete eleições municipais, quatro delas tendo ele mesmo como vitorioso. No entanto, escancarou os fracassos da sigla nas ocasiões em que tentou o governo do Estado. Olhando para Luciano Nunes, o prefeito alertou que todos os tucanos que perderam as disputas para o governo já tinham sido prefeitos da capital, coisa que ele ainda não foi. E prosseguiu: disse que todos eram nomes amadurecidos e que Luciano ainda não é.

Prefeito falou dos fracassos do PSDB (Foto: Gustavo Almeida/PoliticaDinamica.com)

“Nós temos que ter a humildade de olhar para o passado e ver os erros cometidos. Corrigi-los para que possamos finalmente chegar ao governo do Estado. Mas meu caro Luciano, olhe os quatro tucanos que tentaram, todos eles eram ex-prefeitos de Teresina. Você não foi, ainda. E é importante dizer que todos eles foram candidatos já com uma certa maturidade. Você não está tão maturo assim”, falou.

Firmino se referia aos ex-prefeitos de Teresina Wall Ferraz, que perdeu em 1990; Chico Gerardo que perdeu em 1998; ele próprio que perdeu em 2006 e Silvio Mendes derrotado em 2010. Esse trecho do discurso, visivelmente, deixou alguns presentes olhando com semblante de apreensão e questionamento. Mas, na sequência, o prefeito relativizou as ponderações “aparentemente negativas” e disse que Luciano traz a mensagem do novo.

“É importante dizer que o Luciano, com coragem, audácia e determinação se colocou como candidato do partido. Esse momento é o momento no qual tudo aquilo que é velho, tudo aquilo que vem do passado, está sendo questionado. Portanto, a mensagem do Luciano, ele que é uma cara nova, um candidato novo, tem condições de representar o PSDB e chegar a vitória, basta que a gente saiba ter a humildade para reconhecer os erros e fazer aquilo que é correto”, disse.

Ao final, falou que Luciano pode contar com o voto dele na disputa para o governo. Se dirigindo a Alckmin, Firmino usou uma frase do escritor francês Victor Hugo para encerrar o discurso: “Nada resiste a uma ideia cujo tempo chegou. Geraldo Alckmin presidente da República”.

Comentários (0)

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.


Nome:
mensagem:
Notícias relacionadas
MAIOR LÍDER
CIRO DEFENDE RESPEITO À ESTRATÉGIA DO PT
CIRO DEFENDE RESPEITO À ESTRATÉGIA DO PT
TEM FÉ
SEM MEDO DE ESTRUTURA
SEM MEDO DE ESTRUTURA
EX-ALIADO
ALDO REBELO TORCE PARA LULA SER CANDIDATO
ALDO REBELO TORCE PARA LULA SER CANDIDATO
COMPRA DE LIDERANÇAS
UMA GRANDE MENTIRA
UMA GRANDE MENTIRA