Coluna Gustavo Almeida Política Dinâmica
“PATRIOTISMO NÃO É ISSO”

DEPUTADO PIAUIENSE SUBIU À TRIBUNA DA CÂMARA PARA CRITICAR LENTIDÃO DO GOVERNO FEDERAL NA REPATRIAÇÃO DE BRASILEIROS QUE ESTÃO NA CHINA

05/02/2020 18:00 - Atualizado em 05/02/2020 18:07

Flávio Nogueira discursou na tribuna da Câmara (Foto: Reprodução/TV Câmara)

O deputado federal Flávio Nogueira (PDT-PI) subiu à tribuna da Câmara dos Deputados na tarde desta quarta-feira (5) e criticou a forma como o Governo Federal tem conduzido ações em torno dos problemas decorrentes do coronavírus na China. Flávio se referiu à lentidão como o presidente Bolsonaro trata a repatriação dos brasileiros que estão no país oriental.

Em vez de enviar Medida Provisória regulamentando a repatriação, o presidente enviou à Câmara um projeto de lei sobre o assunto, definindo regras para a quarentena dos brasileiros a serem repatriados. Flávio Nogueira destacou que o caso requer emergência e, na visão dele, o projeto demora mais para tramitar e ser votado nas duas casas no Congresso. Para ele, essa lentidão é uma falha do governo que tanto fala em patriotismo.

"Eu fico preocupado porque as vezes esse governo quer ser patriota. O patriotismo não é isso. O patriotismo é um sentimento de solidariedade aos seus cidadãos, é um sentimento de amor à tradição, à cultura do seu povo. Mas não, lá tem 29 brasileiros precisando de serem resgatados, precisando que se tomasse uma urgência e o governo brasileiro indiferente a tudo isso. Agora que vem para esta casa e manda um projeto de lei", criticou.

Da China, brasileiros gravaram vídeo pedindo ajuda ao governo federal para voltarem ao Brasil (Foto: Reprodução/You Tube/Via BBC)

O Projeto de Lei, no entanto, foi aprovado na noite da terça-feira (4), menos de 24 horas após chegar à Câmara, e seguiu para o Senado. Flávio Nogueira enalteceu a postura da Câmara e, em mais uma crítica ao governo, disse que o Congresso Nacional tem sido protagonista dos grandes acontecimentos do país nesse momento.

"Num caso como esse era necessário que houvessem medidas provisórias lá atrás. Mas esta Câmara, com rapidez, em menos de 12 horas, estudou o projeto, colocou emendas e agora vai para o Senado. Tomara Deus que lá no Senado façam o que esta casa fez. Aliás, esta casa sempre está sendo protagonista dos grandes acontecimentos do Brasil. Quero louvar à Câmara Federal por estar sendo protagonista desse momento em que os brasileiros que estão na China precisam ser repatriados para sua terra natal", afirmou.

OPINIÕES DIVIDIDAS

No Congresso, houve quem defendesse que o Governo Federal enviasse Medida Provisória e também quem defendeu o projeto de lei. A principal crítica, no entanto, foi com relação à demora do governo em adotar alguma medida para socorrer os brasileiros na China. No domingo (2), o presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM), chegou a apontar outra solução.

Segundo ele, o governo poderia fretar uma aeronave e manter os brasileiros isolados em uma base militar nesse período de quarentena. No entanto, assegurou irrestrito apoio ao projeto de lei enviado pela Presidência da República. "Acho que não precisamos chegar a esse ponto. Acho que é uma decisão estratégica. Mas se o presidente tomar essa decisão, terá o nosso total e irrestrito apoio", ponderou Alcolumbre na ocasião, antes do projeto ser enviado.

Notícias relacionadas
ANDRADE GUTIERREZ SUSPENDE OBRA NO PIAUÍ
ANDRADE GUTIERREZ SUSPENDE OBRA NO PIAUÍ
NÃO COLOU
NÃO COLOU
EMPRESÁRIOS FAZEM MANIFESTAÇÃO PELA REABERTURA DO COMÉRCIO
EMPRESÁRIOS FAZEM MANIFESTAÇÃO PELA REABERTURA DO COMÉRCIO
"LIBERDADE DE IMPRENSA NÃO É CONSTRUÍDA POR ROBÔS"