Coluna Gustavo Almeida Política Dinâmica
FLÁVIO NOGUEIRA AJUDA SALVAR MARIA DO ROSÁRIO

MEMBRO DA COMISSÃO DE ÉTICA DA CÂMARA, PIAUIENSE VOTA PELO ARQUIVAMENTO DE DENÚNCIA E PEDE RETIRADA DE CENSURA À PETISTA

02/10/2019 08:13 - Atualizado em 02/10/2019 10:19

Representação contra Maria do Rosário foi arquivada (Foto: Marcelo Camargo/Agência Br)

O Conselho de Ética da Câmara dos Deputados arquivou na terça-feira (1º) representação por quebra de decoro parlamentar contra a deputada federal Maria do Rosário (PT-RS). A representação havia sido movida pelo PSL, que acusava a petista de ter empurrado parlamentares durante uma sessão em que o ministro da Educação esteve na Câmara.

Na reunião, o relator do caso votou pelo arquivamento da representação, mas pediu no relatório a aplicação de advertência — censura verbal — à parlamentar, com base no Artigo 10, inciso I do Código de Ética da Câmara. Membro do conselho, o deputado federal piauiense Flávio Nogueira (PDT) sugeriu a retirada da censura, pedido que foi acolhido por unanimidade.

“Peço vênia para não concordar com essa censura. Uma das justificativas para a aplicação de censura é a existência de indícios suficientes da autoria. Quando vossa excelência faz opção pela ausência da justa causa, então censurá-la seria como se tivesse indícios de alguma culpabilidade, o que o próprio voto do relator aponta não existir. Peço a vossa excelência que, se puder retirar essa parte da censura, seu voto ficariá mais integral”, argumentou.

Flávio Nogueira pediu retirada de punição (Foto: Jailson Soares/PoliticaDinamica.com)

O pedido do deputado piauiense foi acatado por todos os membros da Comissão e a petista Maria do Rosário agora está livre da representação movida pelo PSL.

COMEMORAÇÃO

Após a reunião, a deputada federal gaúcha comemorou nas redes sociais a decisão do Conselho de Ética da Câmara e chamou de infundada a denúncia contra ela.

"Considero uma vitória a decisão do Conselho de Ética que, por unanimidade, decidiu pelo arquivamento de infundada denúncia. É preciso dar um basta à banalização das falsas denúncias, que prejudicam pessoas, mandatos e à própria instituição Câmara dos Deputados. Também é fundamental a manutenção do respeito aos instrumentos legais e regimentais da Câmara dos Deputados, que não podem ser utilizados para a intimidação", escreveu.

FLÁVIO NOGUEIRA RELATOR

Na mesma reunião, o presidente da Comissão de Ética e Decoro Parlamentar, Juscelino Filho (DEM-MA), informou que o deputado piauiense Flávio Nogueira foi designado relator do processo de quebra de decoro parlamentar contra o deputado federal Glauber Rocha (PSOL-RJ). O parlamentar carioca também foi denunciado pelo PSL após chamar o ministro Sérgio Moro de "juiz ladrão" durante audiência na Câmara dos Deputados.

Comentários (0)

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.


Nome:
mensagem:
Notícias relacionadas
GOVERNO DO PIAUÍ VAI APURAR CALOTE QUE ELE MESMO DEU
GOVERNO DO PIAUÍ VAI APURAR CALOTE QUE ELE MESMO DEU
GAECO: ALENTO CONTRA A CORRUPÇÃO NO PIAUÍ
GAECO: ALENTO CONTRA A CORRUPÇÃO NO PIAUÍ
PROJETO DE FLÁVIO NOGUEIRA CHAMA ATENÇÃO DA INDÚSTRIA QUÍMICA
PROJETO DE FLÁVIO NOGUEIRA CHAMA ATENÇÃO DA INDÚSTRIA QUÍMICA
PARA THEMÍSTOCLES, FOI TUDO NORMAL
PARA THEMÍSTOCLES, FOI TUDO NORMAL