Coluna Gustavo Almeida Política Dinâmica
ELEIÇÕES 2018
EMEDEBISTAS COBRAM AGILIDADE DO GOVERNADOR

DEPUTADOS DO MDB ESPERAM DECISÃO DE WELLINGTON DIAS SOBRE A FORMAÇÃO DA CHAPA PROPORCIONAL E QUEREM QUE ELE CONTRARIE O PT

09/05/2018 12:36 - Atualizado em 09/05/2018 14:55

João Mádison e Pablo Santos, ambos do MDB (Foto: Jailson Soares/PoliticaDinamica.com)

A indefinição sobre a montagem da chapa proporcional para as eleições deste ano tem causado instabilidade na base aliada do governador Wellington Dias. Enquanto o PT, partido do governador, sustenta que sairá sozinho numa chapa pura, outras siglas da base querem um chapão com todo mundo junto. O MDB é um dos mais interessados, pois sabe que não será fácil reeleger sua atual bancada se não tiver a força de outros partidos numa coligação.

O deputado estadual João Mádison (MDB) disse nesta quarta-feira (9) que o governador Wellington Dias é defensor da formação de um chapão com todos os partidos, diferente do que deseja a direção estadual do PT. Mádison, no entanto, reconhece que a tese de Wellington pode ser rejeitada e que se isso acontecer o MDB vai sentar para definir seu rumo com relação à disputa proporcional.

"Precisamos que o governador defina a proporcional. Ele defende que seja todo mundo coligado, uma coligação só, mas nós temos visto o Partido dos Trabalhadores dizendo que não aceita. Mas a gente precisa ouvir do governador. Quando ele nos disser que a tese dele não vai ser respeitada pelo partido dele, aí sim o MDB pode se reunir e tomar sua posição. Nesse momento está tudo entregue ao governador e vamos esperar", falou.

O MAIS RÁPIDO POSSÍVEL
O deputado estadual Pablo Santos (MDB) confirma que a indefinição causa instabilidade e cobra a formação de uma chapa única para a disputa de deputado. Ele entende que é um direito do deputado federal Assis Carvalho, presidente do PT, defender chapa pura, mas diz que o MDB aguarda um chamamento do governador Wellington Dias para decidir o assunto.

"Com certeza, não tenha dúvida disso [que a indefinição causa instabilidade], até porque cria um sentimento, uma instabilidade dentro da própria base. Então eu acho que o governador tem que agir o mais rápido possível para a gente poder definir os rumos do MDB na composição da chapa, tanto na majoritária como na proporcional", afirmou.

Comentários (0)

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.


Nome:
mensagem:
Notícias relacionadas
ENCONTRO
MARDEN E TERESA CALIBRAM OPOSIÇÃO PARA 2019
MARDEN E TERESA CALIBRAM OPOSIÇÃO PARA 2019
SOLENIDADE
O 17 PROIBIDO
O 17 PROIBIDO
PARLAMENTO
ALEPI TEVE IRMÃOS DEPUTADOS AO MESMO TEMPO
ALEPI TEVE IRMÃOS DEPUTADOS AO MESMO TEMPO
VOTAÇÃO
FARTO NA FARTURA
FARTO NA FARTURA