Coluna Gustavo Almeida Política Dinâmica
EMPRÉSTIMO
DEPUTADO QUESTIONA AUSÊNCIA DE OBRA

ATRAVÉS DAS REDES SOCIAIS, RODRIGO MARTINS MOSTRA OBRA INEXISTENTE QUE DEVERIA SER EXECUTADA COM DINHEIRO DE EMPRÉSTIMO

22/04/2018 22:15 - Atualizado em 22/04/2018 23:13

Parlamentar do PSB postou vídeo nas redes sociais (Foto: Reprodução/Facebook)

O deputado federal Rodrigo Martins (PSB), acusado pelo governador Wellington Dias (PT) de trabalhar para travar a liberação da segunda parcela do empréstimo de R$ 600 milhões do governo do Piauí com a Caixa, foi até Corrente, no extremo Sul do estado, e mostrou uma das obras que deveriam ter sido executadas com o dinheiro da primeira parcela. Em um vídeo postado nas redes sociais no fim de semana, ele exibiu a estrada da Chapada das Mangabeiras, obra listada pelo governo estadual para conseguir o empréstimo.

"Muito se falou dos empréstimos que o governo do Piauí contraiu com a Caixa Econômica esses dias. E o que nós estamos exigindo é somente a prestação de contas. Aqui é a estrada que consta como asfaltada entre a Serra das Mangabeiras e a cidade de Corrente. Grande asfalto!", ironizou o deputado mostrando a estrada de terra e a ausência de obras no trecho.

Conforme relação entregue pelo governo do Piauí para conseguir o empréstimo junto à Caixa, a obra custaria R$ 15.889.204,29. A estrada é a mesma que o Política Dinâmica mostrou em reportagem especial em dezembro de 2017. Na ocasião, moradores da região relataram que o asfaltamento do trecho é prometido há várias décadas e nunca virou realidade. Se fosse asfaltada, a via diminuiria a viagem de quem vem da Bahia para a região dos Cerrados piauienses em até 150 km, facilitando a escoação da produção e gerando riquezas na área.

Comentários (0)

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.


Nome:
mensagem:
Notícias relacionadas
ENCONTRO
MARDEN E TERESA CALIBRAM OPOSIÇÃO PARA 2019
MARDEN E TERESA CALIBRAM OPOSIÇÃO PARA 2019
SOLENIDADE
O 17 PROIBIDO
O 17 PROIBIDO
PARLAMENTO
ALEPI TEVE IRMÃOS DEPUTADOS AO MESMO TEMPO
ALEPI TEVE IRMÃOS DEPUTADOS AO MESMO TEMPO
VOTAÇÃO
FARTO NA FARTURA
FARTO NA FARTURA