Coluna Gustavo Almeida Política Dinâmica
CHURRASCO INVESTIGADO

POLÍCIA CIVIL DO PIAUÍ APURA REALIZAÇÃO DE CHURRASCO COM PRESENÇA DE VEREADOR EM PLENA PANDEMIA DA COVID-19 NO INTERIOR DO PIAUÍ

19/05/2020 11:38 - Atualizado em 19/05/2020 11:44

Farra irresponsável virou caso de polícia no Piauí (Foto Ilustrativa/Reprodução/Internet)

Um churrasco realizado no dia 30 de abril na cidade de Dom Expedito Lopes, a 281 km de Teresina, virou alvo de investigação da polícia. A farra com aglomeração de várias pessoas aconteceu quando já estavam em vigor os decretos do Governo do Piauí e da própria prefeitura do município que proíbem aglomerações por conta da Covid-19.

O caso chegou ao conhecimento do promotor de Justiça Maurício Verdejo Gonçalves, da 6ª Promotoria de Picos, que pediu para a Polícia Civil apurar o caso. Um vereador do município de Dom Expedito Lopes, que deveria dar exemplo, estava no churrasco. Vídeos da farra irresponsável em plena pandemia circularam pelo WhatsApp. 

A Delegacia Regional de Picos comanda a investigação. De acordo com o MP-PI, os participantes do churrasco podem responder por desrespeito à determinação do poder público para impedir propagação de doença contagiosa, crime previsto no artigo 268 do Código Penal. A pena prevista é de detenção, de um mês a um ano, e aplicação de multa.

O vereador e outros participantes do churrasco vão chamados para depor.

Notícias relacionadas
MARGARETE CELEBRA ANIVERSÁRIO DO PARQUE SERRA DA CAPIVARA
MARGARETE CELEBRA ANIVERSÁRIO DO PARQUE SERRA DA CAPIVARA
PREFEITURA DE DOM INOCÊNCIO ANUNCIA LOCKDOWN
PREFEITURA DE DOM INOCÊNCIO ANUNCIA LOCKDOWN
PROFISSIONAIS DE SAÚDE AMEAÇAM ENTREGAR CARGOS EM FLORIANO
PROFISSIONAIS DE SAÚDE AMEAÇAM ENTREGAR CARGOS EM FLORIANO
CONVENÇÕES VIRTUAIS: SEM FESTA NO INTERIOR
CONVENÇÕES VIRTUAIS: SEM FESTA NO INTERIOR