Coluna Gustavo Almeida Política Dinâmica
PROJETO DERRUBADO
CÂMARAS REJEITAM RECURSOS FESTEJADOS POR CIRO

NO INTERIOR DO PIAUÍ, CÂMARAS MUNICIPAIS REJEITARAM PROJETOS PARA OBTER FINANCIAMENTOS DO PROGRAMA AVANÇAR CIDADES, DA CAIXA

13/12/2018 18:24 - Atualizado em 13/12/2018 19:32

Senador Ciro Nogueira, o governador e ministro em evento do Avançar Cidades na APPM, em 3 de julho de 2018 (Foto: Jailson Soares/PoliticaDinamica.com)

No dia 3 de julho, o senador Ciro Nogueira (Progressistas) recebeu o ministro das Cidades, Alexandre Baldy, e o presidente da Caixa Econômica Federal, Nelson Antônio de Souza, numa badalada solenidade com dezenas de prefeitos de todo o Piauí na APPM. Na ocasião, foram anunciados mais de R$ 750 milhões em investimentos para mobilidade em 70 municípios.

Eram recursos do programa Avançar Cidades. Entre os beneficiados, estava o município de Queimada Nova, no semiárido piauiense. Ocorre que os recursos do programa são financiamentos, ou seja, as prefeituras terão que pagar. Não é dado, é emprestado! Como se trata de operação de crédito, era preciso passar pelas Câmaras Municipais. Em Queimada Nova, cujo prefeito Raimundo Júlio é do partido de Ciro, os vereadores derrubaram o projeto.

Prefeito Raimundo Júlio, da cidade de Queimada Nova, no evento da APPM em 3 de julho de 2018 (Foto: Jailson Soares/PoliticaDinamica.com)

Em sessão realizada esta semana, a oposição aproveitou que tinha maioria e rejeitou o projeto encaminhado pelo prefeito. O financiamento com dinheiro do Avançar Cidades beneficiaria o município com obras de asfaltamento. Três aliados do prefeito votaram a favor e os vereadores Carlos Amorim, Marcelino Gomes, Vadinho e George votaram contra.

Com o placar de 4 votos a 3, o projeto foi rejeitado. O vereador Adilson Coelho (PT) não compareceu e a presidente Joseane Ramos (PR) só votaria em caso de empate.

Em entrevista ao Política Dinâmica, o vereador Carlos Amorim (PSD), um dos que votou contra, explicou que não se trata de investimento, mas sim de endividamento. O parlamentar argumentou que o projeto enviado pela prefeitura não informava as taxas de juros aplicadas e nem sequer o valor das parcelas que seriam pagas pelo município à Caixa Econômica.

Câmara Municipal de Queimada Nova rejeito projeto (Foto: Portal AudiOnline)

Amorim disse que os recursos seriam pagos em 20 anos, o que só ajudaria a endividar a prefeitura. Ao todo, Queimada Nova receberia R$ 3 milhões do Avançar Cidades. O vereador ainda destacou que as ruas previstas para receberem pavimentação não são consideradas principais na cidade e que, embora o calçamento nelas também seja bem-vindo, não vale a pena tomar um financiamento nessas condições para pavimentá-las.

"É um valor muito alto para o município arcar. O projeto diz que era para ser pago em 20 anos, podendo ser prorrogado por mais quatro. O problema é o endividamento que causa ao município, um município que não tem segurança e a polícia vive com o golzinho, onde os ônibus do transporte escolar da rede municipal andam com os bancos mostrando a espuma. Se o município não está podendo fazer nada para amenizar isso, como é que pode fazer um endividamento desse tamanho?", questionou o vereador do PSD.

Prefeito assinou adesão, mas Câmara barrou (Foto: Jailson Soares/PoliticaDinamica)

O parlamentar disse que a Câmara não poderia aprovar um projeto dessa natureza, sob pena de dar um tiro no escuro. "Nós já temos financiamento aqui junto à Eletrobras, de administrações passadas. E mais: a proposta da Caixa é em carácter irrevogável. A segurança é o desconto direto no FPM. Ou seja, se não pagar, desconta automaticamente. É como se fosse um empréstimo consignado. Queimada Nova é um município 0.6 no FPM", lembrou.

No município de Acauã, a 463 km de Teresina, a maioria dos vereadores também rejeitou projeto da prefeitura para obtenção do financiamento do Avançar Cidades.

O Política Dinâmica não conseguiu contato com o prefeito Raimundo Júlio, da cidade de Queimada Nova, para ele comentar as declarações do vereador Carlos Amorim.

Comentários (0)

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.


Nome:
mensagem:
Notícias relacionadas
NÃO ADMITE!
CIRO MANDA LÍDER NEGAR APOIO A RENAN
CIRO MANDA LÍDER NEGAR APOIO A RENAN
NÃO SERIA BOM!
ELMANO NÃO QUER RENAN CALHEIROS
ELMANO NÃO QUER RENAN CALHEIROS
VEREADORES
CASAL NO PARLAMENTO
CASAL NO PARLAMENTO
CRÍTICA
FÁBIO SÉRVIO CHAMA WELLINGTON DE “CARA DE PAU”
FÁBIO SÉRVIO CHAMA WELLINGTON DE “CARA DE PAU”