Selo

00:00
Coluna Lídia Brito Política Dinâmica
IRREGULARIDADE
PREFEITO TEM DÍVIDA MILIONÁRIA COM A PREVIDÊNCIA

PREFEITURA DA CIDADE TEVE A PRESTAÇÃO DE CONTAS BLOQUEADA POR DENUNCIA DE CONTRIBUIÇÕES NÃO RECOLHIDAS QUE SUPERAM O VALOR DE R$ 1 MILHÃO

15/07/2017 08:09 - Atualizado em 15/07/2017 08:59

Prefeito Luciano Fonseca é acusado de não repassar dinheiro da Previdência (Foto:ArquivoPessoal)

O Tribunal de Contas do Estado (TCE-PI) determinou o bloqueio das contas da Prefeitura de Bertolínia por descumprimento de acordo de regularização dos repasses das contribuições do Regime Próprio de Previdência Social (RPPS) do município, referentes a novembro, dezembro e 13º salário de 2016. Bertolínia acumula débitos de mais de R$ 1,606 milhão com a Previdência, referentes a contribuições não recolhidas de 2014, 2015 e parte de 2016 e 2017.

O acordo de regularização das pendências de novembro, dezembro e 13º do ano passado foi firmado em junho, quando o TCE-PI determinou o bloqueio das contas de todos os municípios com débitos com o RPPS. Na época, para que tivesse suas contas desbloqueadas, a Prefeitura de Bertolínia solicitou prazo para o recolhimento das contribuições dos dois meses mais o 13º do ano passado. O TCE-PI acolheu o pedido, estabelecendo em 10 de julho o prazo para regularização do débito. Até quarta-feira, 12 de julho, porém, nenhum recolhimento tinha sido feito.

O pedido de bloqueio foi feito pelo procurador-geral do Ministério Público de Contas (MPC), Plínio Valente, e aprovado por unanimidade pelo pleno do TCE-PI na sessão desta quinta-feira (13). O ofício determinando o bloqueio foi enviado nesta sexta-feira (14) ao Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal e Banco do Nordeste para efetivação da medida. O prefeito Luciano Fonseca (PT) e o gestor do RPPS, Daniel Correia da Fonseca, serão notificados da decisão para que apresentem a defesa no prazo regimental.

Com as contas bloqueadas, a gestão municipal fica impedida de fazer saques, pagamentos e outras movimentações bancárias. Localizada a 410 quilômetros ao sul de Teresina, Bertolínia é um dos 64 municípios piauienses que implantaram o Regime Próprio de Previdência Social (RPPS). A grande maioria enfrenta problemas com o recolhimento das contribuições, acumulando débitos milionários. A dívida de Bertolínia supera R$ 1,606 milhão.

Comente!
Notícias relacionadas
VICE
WELLINGTON TEM CONVERSA COM JOÃO VICENTE CLAUDINO
WELLINGTON TEM CONVERSA COM JOÃO VICENTE CLAUDINO
MUDANÇA
DR. PESSOA DEVE APOIAR  BOLSONARO NO PIAUÍ
DR. PESSOA DEVE APOIAR BOLSONARO NO PIAUÍ
ECONOMIA
WELLINGTON CRITICA CORTES FEITOS POR TEMER
WELLINGTON CRITICA CORTES FEITOS POR TEMER
ELEIÇÕES 2018
VEREADORES CERCAM PRIMEIRA-DAMA NA CÂMARA
VEREADORES CERCAM PRIMEIRA-DAMA NA CÂMARA