Selo

00:00
Coluna Lídia Brito Política Dinâmica
CRISE ECONÔMICA
“COMBATE À CORRUPÇÃO NÃO PODE DESTRUIR O BRASIL”, DIZ WELLINGTON

GOVERNADOR AFIRMA QUE A CRISE POLÍTICA TEM AFETADO A ECONOMIA E RECLAMA QUE O PIAUÍ TEM € 150 MILHÕES DE EUROS TRAVADOS PELO GOVERNO TEMER

29/05/2017 10:13

Governador Wellington Dias diz que combate a corrupção não pode parar o Brasil (Foto:JailsonSoares/PoliticaDinamica.com)

O governador Wellington Dias (PT) participa do Fórum dos Governadores que será realizado, em Brasília, nesta terça-feira (30). A pauta principal do encontro será a dificuldade dos estados em conseguirem a liberação de empréstimos. Diante da crise que o país vive, o governo Temer tem travado a liberação das operações de crédito.

No caso do Piauí, o governador afirma que o estado corre o risco de perder € 150 milhões de euros. O empréstimo foi conseguido junto ao banco KFW e seria aplicado em obras de saneamento básico. Por falta de aval do Governo Federal, o estado não tem acesso ao recurso.

“A confiança do mundo no Brasil caiu. A instabilidade política coloca o país em uma situação de risco elevado. Isso faz com que os credores tirem proveito disso cobrando taxas de juros elevadas. Isso é ruim para o país. O Piauí acabou de celebrar um entendimento com o Banco KFW em um empréstimo para saneamento no valor de €150 milhões de euros. O governo brasileiro por medida meramente burocrática resolveu não liberar o aval. É empréstimo do exterior que depende do aval do governo. É preciso retirar essa barreira resolvendo não só o problemas do Piauí, mas de todos os estados. Essa reunião é para destravar o Brasil e para que o dinheiro volte a circular na economia”, afirmou.

LAVA JATO

Wellington Dias criticou o que chamou de paralisação do país devido as denúncias contra o presidente Michel Temer (PMDB). Ele afirma que as investigações de corrupção não podem “destruir o país”.

Segundo ele, o Congresso Nacional precisa voltar a discutir e aprovar os projetos que são de interesse do país. “Não é razoável que vários estados - com condições de ter crédito, que contribuem para investimentos de interesse da população, de interesse do Brasil, que também geram emprego e renda - fiquem privados de recursos por uma medida burocrática. É preciso que os governadores conversem com o Congresso e com o Supremo para aprovação das matérias importantes. É claro que todos querem combater a corrupção, mas tem que agir na forma da lei. Não se pode é transformar o processo de combate a corrupção em um instrumento de destruição do país. É preciso cumprir a legislação e a Constituição”, defendeu.

Comente!
Notícias relacionadas
VICE
WELLINGTON TEM CONVERSA COM JOÃO VICENTE CLAUDINO
WELLINGTON TEM CONVERSA COM JOÃO VICENTE CLAUDINO
MUDANÇA
DR. PESSOA DEVE APOIAR  BOLSONARO NO PIAUÍ
DR. PESSOA DEVE APOIAR BOLSONARO NO PIAUÍ
ECONOMIA
WELLINGTON CRITICA CORTES FEITOS POR TEMER
WELLINGTON CRITICA CORTES FEITOS POR TEMER
ELEIÇÕES 2018
VEREADORES CERCAM PRIMEIRA-DAMA NA CÂMARA
VEREADORES CERCAM PRIMEIRA-DAMA NA CÂMARA