Selo

00:00
Coluna Lídia Brito Política Dinâmica
SINDICATO DENUNCIA
FIRMINO FILHO VOLTA A SER JULGADO PELO TCE-PI

APÓS INSPEÇÃO, TRIBUNAL DE CONTAS JULGA OPERAÇÕES DA PREFEITURA DE TERESINA COM RECURSOS DO FUNDEF

19/07/2017 09:03

Procurado do Município, Georgia Nunes, faz a defesa da prefeitura (Foto:JailsonSoares/PoliticaDinamica.com)

Nesta quinta-feira (20), o pleno do Tribunal de Contas do Estado do Piauí (TCE-PI) deve julgar o processo que investiga denúncia de ilegalidade em operações na conta do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental e de Valorização do Magistério (Fundef) de Teresina. Dentre os fatos investigados, está o contrato de cessão de crédito entre o município e o Banco do Brasil que correspondeu ao valor R$ 72.833.674,42 em transferências sem identificação do beneficiário.

No primeiro julgamento, realizado no dia 6 de julho, os conselheiros empataram os votos favoráveis e contrários a respeito da denúncia contra o prefeito de Teresina que tem sido alvo de investigações sobre utilização indevida dos recursos do Fundef. O presidente do Tribunal, Olavo Rebelo, pediu vista regimentar ao processo para novas análises, mantendo a medida cautelar de bloqueio.

Até o último pedido de bloqueio, os valores totais de recursos do FUNDEF na conta específica eram de R$ 54.498.314,03, porém, durante a última votação, o conselheiro Alisson Felipe de Araújo, informou que restavam cerca de R$ 37 milhões. Os valores depositados no dia 22 de setembro do ano passado equivaliam a R$ 210.667.000,00. A denúncia é que as operações investigadas foram realizadas na mesma semana de maneira a beneficiar, conforme identificados nos extratos da conta fornecidos pelo TCE-PI, empresas de propaganda, construtoras, Polícia Militar e uma igreja evangélica.

As ordens de pagamento e transferências online chegam a ordem de R$ 164.975.477,37. O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Teresina (SINDSERM). Os professores também fez denúncia sobre o caso ao Ministério Público Federal que encaminhou o pedido à Brasília. Uma outra denúncia foi protocolada no Ministério Público Eleitoral contra o prefeito Firmino Filho (PSDB) com o objetivo de pedir uma investigação sobre a utilização dos recursos federais em setembro de 2016, mês que antecedeu as eleições municipais.

Comente!
Notícias relacionadas
ELEIÇÕES 2018
VEREADORES CERCAM PRIMEIRA-DAMA NA CÂMARA
VEREADORES CERCAM PRIMEIRA-DAMA NA CÂMARA
REJEIÇÃO
“CÂMARA FOI DESELEGANTE E INJUSTA COM DÓRIA”, CRITICA FIRMINO FILHO
“CÂMARA FOI DESELEGANTE E INJUSTA COM DÓRIA”, CRITICA FIRMINO FILHO
ELEIÇÕES 2018
APOIO DE PREFEITOS FAZ WELLINGTON COLAR EM CIRO
APOIO DE PREFEITOS FAZ WELLINGTON COLAR EM CIRO
TECNOLOGIA
FESTIVAL DE TRAPALHADAS
FESTIVAL DE TRAPALHADAS